ūüõí O que √© a Black Friday e sua verdadeira hist√≥ria

Descubra a verdadeira história do que é a Black Friday (que não tem nada a ver com as compras em massa que conhecemos)?

O que √© Black Friday √Č uma pergunta que muitas pessoas ainda se perguntam com a aproxima√ß√£o do m√™s de novembro. Alguns chegam a falar sobre este t√£o esperado dia do ano sem serem muito claros sobre o que significa e qual √© a sua origem. S√≥ sabem que tem que aproveitar os descontos que ocorrem nesta data.

Aos poucos, o tamb√©m conhecido como “Sexta-feira preta” Tornou-se o prel√ļdio do Natal, pois h√° quem adianta as compras do Natal para economizar e baratear os produtos.

Neste artigo, vamos investigar todos os detalhes de a história da sexta-feira negra, sobre a qual existem várias teorias e cujo início não tem nada a ver com compras.

O que é Black Friday

Vamos come√ßar com a pergunta b√°sica: O que √© a Black Friday? √Č um evento que acontece anualmente apresentando ofertas e grandes descontos por alguns dias limitados. O objetivo √© promover as compras e agilizar as contas de todos os tipos de neg√≥cios.

De certa forma, Black Friday marca o início da temporada de férias, à medida que as pessoas começam a comprar presentes a preços mais acessíveis.

Embora a princ√≠pio tenha come√ßado do outro lado do lago, em solo americano, a verdade √© que se espalhou para o resto do mundo, como muitas outras tradi√ß√Ķes.

Durante o dia, concentravam-se nas lojas f√≠sicas, por isso era muito comum encontrar filas sem fim e horas de espera desde a noite anterior. Isso continua a acontecer, mas em menor grau, principalmente gra√ßas ao boom do e-commerce. O com√©rcio eletr√īnico levou a Black Friday a qualquer lugar e as marcas est√£o se preparando para esse evento muito antes de sua chegada.

Quando é a Black Friday

Black Friday acontece depois do dia de a√ß√£o de gra√ßas, que √© comemorado nos Estados Unidos na quarta quinta-feira de novembro de cada ano. Isso significa que, como o pr√≥prio nome indica, √© sempre comemorado na √ļltima sexta-feira do m√™s em quest√£o.

O que significa Black Friday

Sexta-feira preta significa ‘sexta-feira negra¬ĽAo traduzir. Nasceu nos Estados Unidos em um contexto que nada teve a ver com as vendas massivas que conhecemos hoje. Sua origem est√° relacionada √† fal√™ncia e aos problemas financeiros das empresas.

A seguir, vamos nos aprofundar nas origens. Mas, por ora, deve-se ressaltar que seu nome est√° associado ao fato de negocia√ß√Ķes mostram lucros em preto e perdas em vermelho.

Assim, a chegada desta excelente sexta-feira significa que os n√ļmeros vermelhos s√£o colocados de lado para recuperar essa cor mais escura (e positiva ao mesmo tempo).

Essa √© apenas uma das notas, j√° que outras teorias relacionam o conceito a aspectos econ√īmicos negativos que s√≥ nos levam a nos perguntarmos mais uma vez o que √© Black Friday.

A verdadeira história da Black Friday

H√° quem assegure que a hist√≥ria da Black Friday come√ßou muito antes dos anos 60. Diz-se que, em sua origem, esse termo estava associado a uma crise financeira e n√£o a essas remarca√ß√Ķes.

Dois financiadores de Wall Street, Jim Fisk e Jay GouldEles compraram uma quantidade significativa de ouro dos EUA juntos, na esperança de que o preço global disparasse e eles pudessem lucrar muito com a venda.

Longe disso Sexta-feira, 24 de setembro de 1869, o mercado de ouro dos EUA quebrou e, com ela, as a√ß√Ķes da Fisk e da Gould. Os bar√Ķes de Wall Street foram √† fal√™ncia na esteira do que foi chamado de Black Friday. Mas n√£o s√≥ eles, mas os efeitos desse movimento se refletiram na economia americana durante anos.

Entao veio a quebra da Bolsa de Valores de Nova York em 1929. Em um √ļnico dia perdeu 6,3% de seu valor, enquanto nos dias seguintes faria o mesmo com 12,8% e 11,8%. Estes ficaram conhecidos como Sexta-feira negra, segunda-feira negra e ter√ßa-feira negra (Black Friday, Black Monday e Black Tuesday). Uma tend√™ncia negativa que, por vezes, tamb√©m apareceu nos n√ļmeros desta data como a conhecemos hoje.

A origem da Black Friday na história

Mais tarde, este conceito come√ßou a ser usado com outra nuance em 1966 por Policiais da Filad√©lfia, nos Estados Unidos, que eram respons√°veis ‚Äč‚Äčpela regulamenta√ß√£o do tr√°fego. Embora haja quem aponte para este momento como a verdadeira emerg√™ncia dele.

Além de ser o dia seguinte ao Dia de Ação de Graças, a verdade é que uma grande multidão de turistas e compradores se aglomerou na cidade para assistir ao jogo de futebol entre o Exército e a Marinha. Isso gerou caos nas estradas e, em geral, nas pessoas, já que grandes engarrafamentos e roubos também aconteciam nas lojas.

Esta situa√ß√£o impedia os agentes de gozar o dia de folga e, em vez disso, eram obrigados a trabalhar em longos turnos. Foi ent√£o que eles come√ßaram a usar “black friday” de forma sarc√°stica para se referir √† sua situa√ß√£o de trabalho.

Quando o termo se tornou popular

O termo foi se popularizando gradualmente em todo o pa√≠s, at√© que em meados da d√©cada de 1970 atingiu os demais estados. Em 1966, apareceu em um an√ļncio para uma edi√ß√£o da ‘The American Philatelist’, uma revista para colecionadores de selos.

Mais tarde, em 1975, aproximadamente, foi quando atingiu a m√≠dia como ‘O jornal New York Times’, uma das pioneiras a dar voz a este conceito, pois as pessoas se perguntavam constantemente: ‚ÄúO que √© a Black Friday?‚ÄĚ.

Na verdade, até aquele ano não se referia a ofertas comerciais. A verdade é que eles estavam percebendo que, quando o Dia de Ação de Graças passou, as pessoas começaram a fazer suas compras de Natal.

Foi então que decidiram começar pelas vendas, vendo que poderia ser uma boa oportunidade de aumentar as vendas e, consequentemente, os lucros. Em vez de esperar mais e o furor diminuir, eles perceberam que era melhor capacitá-lo para fazer o negócio crescer.

Outra explicação afirma que há referências ao termo entre 1951 e 1952 de um editor de uma revista de engenharia. Ele usou esse termo para se referir ao absenteísmo que ocorreu após o feriado de Ação de Graças.

O que significa Black Friday

A história do nome Black Friday

No final, essa denominação permaneceu, mas a verdade é que os varejistas não ficaram particularmente entusiasmados com isso porque parecia tão sombrio, especialmente quando você considera que é um dos seus dias de maior renda.

Conforme o nome se espalhou pela Filad√©lfia, alguns comerciantes e promotores n√£o gostaram dele por causa das conota√ß√Ķes negativas, e Eles tentaram, sem sucesso, alter√°-lo para Big Friday (Otima sexta feira).

A mídia colaborou nessa busca por mudar a percepção do consumidor neste dia. O nome de Big Friday não sobreviveu, mas os esforços contínuos para colocar uma virada positiva naquele dia valeram a pena.

A história da Black Friday de escravos é real?

Antes de concluir, devemos destacar uma teoria difundida nas redes sociais sobre a história da Black Friday e dos escravos. Foi divulgado em plataformas sociais um engano que apontava para a relação entre o nascimento desta época e a escravidão.

Alguns usuários argumentaram há alguns anos no Twitter que um dia após o Dia de Ação de Graças comerciantes de escravos os vendiam com descontos. Isso foi se expandindo a ponto de vários tweeters acabarem afirmando essa relação com o início da escravidão nos Estados Unidos.

Serviu para comentar e expandir no Twitter que isso era a verdadeira história da Black Friday e não aquele que se tornou popular. De qualquer forma, o que se pode afirmar com certeza é que para as marcas representa uma oportunidade muito importante e prova disso são as campanhas coloridas.

N√£o perca nada do MarketingDirecto.com e participe do nosso Telegrama t.me/MarketingDirecto


Source: Marketing Directo by www.marketingdirecto.com.

*The article has been translated based on the content of Marketing Directo by www.marketingdirecto.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!