4 edifícios no observatório no Arizona perdidos em incêndio

Crédito: Domínio Público CC0

Quatro edifícios não científicos no Observatório Nacional Kitt Peak, a sudoeste de Tucson, foram perdidos em um incêndio florestal, mas as primeiras indicações mostram que outros edifícios na propriedade não parecem estar danificados, disseram autoridades no sábado.

Buell T. Jannuzi, que lidera o Departamento de Astronomia da Universidade do Arizona, disse que o incêndio não parece ter danificado o telescópio e os prédios científicos do observatório, embora um exame mais detalhado do local ainda não tenha sido feito. às preocupações de segurança.

“Este é o incêndio mais ameaçador que me lembro em Kitt Peak nos últimos 25 anos”, disse Jannuzi.

O fogo atingiu o observatório na sexta-feira. As equipes planejavam avaliar os danos no observatório no final do sábado, se as condições permitissem uma entrada segura na área.

O Observatório Nacional Kitt Peak é operado pelo NOIRLab, o centro da National Science Foundation para astronomia de infravermelho ótico terrestre. A Universidade do Arizona, que tem um telescópio no local desde 1962, é inquilina do observatório.

O incêndio causado por raios, que levou à evacuação do observatório no início desta semana, cresceu para 71 quilômetros quadrados no sábado. Não houve contenção do fogo, que começou em 11 de junho em um cume remoto na Reserva Indígena Tohono O’odham.

No norte do Novo México, as autoridades que estão preocupadas com a ameaça de inundações pós-incêndio quando o estado entra na estação das monções alertaram os moradores dos condados de San Miguel e Mora para estarem prontos para evacuar devido aos riscos de inundações, informou o Albuquerque Journal.

A maior área que enfrenta ameaças de inundação é onde um incêndio que começou há dois meses já queimou 533 milhas quadradas (1.381 quilômetros quadrados). O fogo está 72% contido.

E no sudoeste do Alasca as autoridades dizem que a ameaça imediata passou para as comunidades perto de St. Mary’s de um incêndio que no sábado atingiu 248 milhas quadradas (643 quilômetros quadrados) de tamanho.



Source: Phys.org – latest science and technology news stories by phys.org.

*The article has been translated based on the content of Phys.org – latest science and technology news stories by phys.org. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!