A CMA também publicou a resposta da Microsoft à aquisição da Activision

A Microsoft também deu sua reação final para concluir a primeira fase da investigação sobre a compra da Activision. Em princípio, resume sua posição de que a Sony não perderá Call of Duty, a prioridade na compra é móvel para eles e acrescenta que a compra melhorará a concorrência em um mercado dominado pela Sony.

  • A Microsoft também diz que a Sony agora é duas vezes maior que a Microsoft em jogos. A aquisição da Activision a aproximará dele.
  • Ele admite que “muitos dos títulos próprios da Sony são de qualidade superior à sua criação”
  • Ele diz que Call of Duty será acessível a mais jogadores do que antes e mais fácil. Eles não têm planos de removê-lo das plataformas PlayStation, nem planejam degradá-lo de forma alguma nessa plataforma. Eles vão abordá-lo como Minecraft.
  • A participação da própria Activision no mercado de jogos no Reino Unido é de apenas 10-20%, em todo o mundo 5-10%. Ele tem apenas dois títulos no ranking Top 20. Sua participação entre os títulos AAA é muito pequena e não dominante. Só porque é um atirador não significa que domina o mercado. Esses jogos nem são os mais populares do mercado.
  • Mesmo a conexão com a Microsoft não aumentará a participação em um terço.
  • Call of Duty é classificado abaixo dos títulos da Sony por padrão, então não há com o que se preocupar. Call of Duty nem é o melhor jogo do ano, nem foi eleito o melhor pelos usuários do PlayStation nem uma vez nos últimos 9 anos. Ao mesmo tempo, a Sony possui muitos estúdios que criarão títulos de qualidade para eles. Mesmo que não tenham Call of Duty, eles compraram recentemente a Bungie e seu shooter Destiny 2.
  • Call of Duty é jogado apenas por uma fração dos jogadores de console e não é nada especial ou único em comparação com o tempo que os jogadores o jogam. Eles nem compram consoles para o jogo. Mesmo no PlayStation, não tem uma participação significativa nas vendas totais. A Sony nem mencionou isso no slide com jogos originais e de terceiros. Possui títulos de terceiros suficientes, mesmo sem Call of Duty
A CMA também publicou a resposta da Microsoft à aquisição da Activision
  • A Sony afirma que Call of Duty é crítico para eles, mas tanto a Nintendo quanto o Steam sobreviveram sem Call of Duty sem problemas.
  • Ao mesmo tempo, a Sony está dando aos jogadores de Call of Duty conteúdo adicional exclusivo para seu console. Onde a Sony teme que a Microsoft dê quando assumir a marca. No entanto, a Microsoft indica que esse conteúdo não altera a contagem de jogadores ou as transições entre plataformas.
  • Acrescenta que a participação da Activision e da Microsoft no mercado geral é menor do que outros acordos que a CMA avançou para a Fase 2.
  • Com a transação, a Microsoft quer principalmente aumentar sua participação na esfera mobile.

A Microsoft conclui que a CMA não forneceu nenhuma base confiável para concluir que a fusão levará a uma diminuição substancial da concorrência.


Source: Sector.sk by www.sector.sk.

*The article has been translated based on the content of Sector.sk by www.sector.sk. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!