A dívida do estado aumentou para 2,05 trilhões no ano passado, cada tcheco deve quase 200.000


O Ministério da Fazenda informou ainda que em relação ao PIB, a dívida do estado passou de 28,5 por cento para 36,5 por cento do PIB no ano passado. “Apesar do elevado aumento homólogo da dívida pública, a República Checa é um dos países menos endividados da União Europeia”, afirmou o Ministério das Finanças.

No ano passado, o Ministério da Fazenda precisou de 646,3 bilhões de coroas para financiar sua dívida. A chamada necessidade bruta de empréstimos foi financiada principalmente por meio da venda de títulos do governo no mercado doméstico de títulos. A emissão bruta de títulos do governo de médio e longo prazo em coroas no ano passado foi de 592,3 bilhões de coroas, com rendimento médio de 1,11% ao ano e vencimento médio de 7,2 anos.

“Apesar da emissão recorde durante a primeira onda da pandemia SARS-CoV-2, com juros principalmente em títulos do governo com vencimento residual de até cinco anos, o tempo médio de vencimento da dívida do governo foi mantido em 6 no final de 2020 , 2 anos, ou seja, ao nível do objetivo estratégico de médio prazo “, disse o Ministério das Finanças.

O Ministério das Finanças também continuou a vender títulos do governo aos cidadãos no ano passado. No ano passado, as pessoas compraram o chamado Bônus da República por 15,1 bilhões de coroas.

No ano passado, o Ministério das Finanças também começou a cooperar com o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa, que, por meio de um empréstimo, ofereceu à República Tcheca recursos destinados a financiar despesas com saúde relacionadas à pandemia. No ano passado, a República Tcheca aceitou um empréstimo de 200 milhões de euros (cerca de 5,2 bilhões de CZK) com vencimento em dez anos e juros zero.

No ano passado, as despesas líquidas com juros para o serviço da dívida do estado aumentaram 0,6 bilhão de coroas para 40 bilhões de coroas e ficaram 3,5 bilhões abaixo do planejado. Os gastos previstos para este ano são de 47,6 bilhões de coroas.

A dívida do estado consiste em dívidas do governo e surge principalmente da acumulação de déficits orçamentários do estado. É financiado por títulos do tesouro, obrigações governamentais, empréstimos diretos ou empréstimos do Banco Europeu de Investimento.

O orçamento do ano passado incluiu um déficit de 500 bilhões de coroas, e os deputados aumentaram três vezes por sugestão do governo devido aos efeitos da epidemia de coronavírus dos 40 bilhões de coroas originais. Finalmente, o ano passado o orçamento encerrou com um déficit de 367,4 bilhões de coroas. O Ministério da Fazenda planejou um déficit orçamentário de 320 bilhões de coroas para este ano, mas não antecipa os efeitos do pacote tributário. O Ministério das Finanças está agora a preparar uma alteração ao orçamento.


Source: EuroZprávy.cz by eurozpravy.cz.

*The article has been translated based on the content of EuroZprávy.cz by eurozpravy.cz. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!