A estrela de resistência do Quênia, Tirop, foi encontrada morta


Atualizações: 13.10.2021 14:50

Iten (Quênia) – A duas vezes medalhista de bronze na Copa do Mundo e a quarta mulher em uma corrida de 5.000 metros nas recentes Olimpíadas de Tóquio, Agnes Tirop do Quênia, foi encontrada morta em sua casa em Iten. A morte do perseverante de 25 anos foi confirmada pela National Athletic Association e, de acordo com a mídia local, o corredor foi vítima de um ato violento. O caso está sendo investigado pela polícia, a atleta teria supostamente feridas de faca no corpo e seu marido é suspeito.

“O Quênia perdeu uma de suas joias”, disse o sindicato queniano em um comunicado.

Tirop foi uma estrela perseverante. Em 2015, ela se tornou a campeã mundial de cross country e conquistou o bronze na pista de 10.000 metros nos últimos dois campeonatos mundiais em 2017 em Londres e 2019 em Doha.

Em Tóquio, na Olimpíada, 75 centésimos de segundo o separaram do terceiro lugar na metade. Há apenas um mês, ela estabeleceu um recorde mundial na Alemanha entre os dez primeiros em uma corrida exclusivamente feminina com o tempo de 30:01 minutos, a 28 segundos do máximo anterior de 2002.


Source: České noviny – sport by www.ceskenoviny.cz.

*The article has been translated based on the content of České noviny – sport by www.ceskenoviny.cz. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!