A Europa Oriental pode ser parceira de Taiwan na fabricação de chips

É crucial para a União Europeia que a comunidade comum produza pelo menos alguns dos semicondutores utilizados localmente nos países da UE pelos vários intervenientes da indústria, mas também é cada vez mais claro que isso não será possível sem ajuda externa. Essa ajuda pode vir de Taiwan, uma superpotência de semicondutores, com algumas surpresas para o Leste Europeu.

Embora os detalhes ainda não sejam conhecidos, as negociações diplomáticas comerciais com três países da região, República Tcheca, Eslováquia e Lituânia, sobre a potencial cooperação na fabricação de chips europeus estão bem encaminhadas, Kung Ming-hinin, chefe do Conselho de Desenvolvimento Nacional de Taiwan , disse em um comunicado de imprensa na quinta-feira.

O programa de desenvolvimento web moderno e encontros de CI / CD está ao vivo!

A série de encontros on-line do HWSW continua de 29 a 30 de dezembro.

O programa de desenvolvimento web moderno e encontros de CI / CD está ao vivo! A série de encontros on-line do HWSW continua de 29 a 30 de dezembro.

O ministro visitou os três países do Leste Europeu mencionados acima no mês passado, onde os líderes indicaram, sem exceção, que gostariam de fazer parceria com Taiwan em um projeto de semicondutor europeu que poderia obviamente se concentrar em realocar capacidade de produção para a Europa, provavelmente a maior fabricante mundial de chips, Taiwan Semiconductor. Empresa de manufatura (TSMC).

Por enquanto, porém, a declaração de Taiwan pode ser vista como uma espécie de gesto diplomático, em troca dos três países que apóiam a defesa do coronavírus em Taiwan com embarques de vacinas, enquanto a República Tcheca e a Lituânia também ajudaram a aliviar a pressão política e diplomática da China.

Embora Bruxelas tenha procurado persuadir os participantes da indústria taiwanesa a abrir uma fábrica de chips na UE, as negociações até agora não tiveram sucesso, enquanto a fábrica da TSMC no Arizona já está em pleno andamento, com um investimento de cerca de US $ 12 bilhões. A Comissão Europeia não havia considerado anteriormente um local potencial na Europa Oriental, e a ideia anterior da Comissão era que o eurofab, o centro da produção de semicondutores da UE, pudesse ser construído na Alemanha ou na França.


Source: HWSW Informatikai Hírmagazin by www.hwsw.hu.

*The article has been translated based on the content of HWSW Informatikai Hírmagazin by www.hwsw.hu. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!