‘A Grande Muralha da China’ é demolida em veículo elétrico

A China, o maior mercado de veículos elétricos do mundo, está entregando seu trono para a Europa a partir de 2025. Segundo a European Automobile Manufacturers Association, a participação de veículos elétricos vendidos na Europa chegará a 30% até 2025. Assim, a Europa ultrapassará a China em a primeira vez. Por outro lado, considerando o cenário médio anunciado pelo Ministério da Indústria e Tecnologia, espera-se que 15% dos veículos vendidos na Turquia nos mesmos anos sejam elétricos.

De acordo com a notícia de Taylan Özgür Dil no jornal Hürriyet; O trono da China, o maior mercado mundial de veículos elétricos, está tremendo. A China, onde 20% de todos os carros vendidos em 2022 são 100% elétricos, deve entregar a liderança para a Europa até 2025. De acordo com a última pesquisa publicada pela European Automobile Manufacturers Association (ACEA), a participação de mercado de 100 por cento de carros elétricos deve atingir 30 por cento na Europa (incluindo a UE, países da EFTA e o Reino Unido) até 2025 e ultrapassar 70 por cento até 2030. Assim, até 2025, estima-se que o mercado europeu atingirá o topo como o o maior mercado de veículos elétricos do mundo.

7 de 10 VEÍCULOS

Estes resultados mostram que até 2030, 7 em cada 10 carros elétricos vendidos na Europa serão elétricos, enquanto na China esse número permanecerá em 6 em 10. No relatório da ACEA, também foi observado que as vendas de veículos elétricos na China aumentaram 89,4 por cento no período de janeiro a setembro de 2022 em relação ao mesmo período do ano anterior, chegando a 2,9 milhões, mas os incentivos aos veículos elétricos no país tiveram um papel importante nesse aumento. No mesmo período, as vendas de carros elétricos na Europa (incluindo UE, países da EFTA e Reino Unido) aumentaram 25,7%, atingindo 1 milhão.

A INFRAESTRUTURA É INSUFICIENTE

No relatório, foi apontado que o maior obstáculo diante dos veículos elétricos em toda a Europa é a insuficiente infraestrutura de carregamento ainda. Até agora, quase 50 por cento de todos os pontos de carregamento para carros elétricos estão concentrados em apenas dois países da UE (Holanda: 90 mil, Alemanha: 60 mil). As infraestruturas de carregamento são vistas como um dos maiores problemas que o mercado europeu enfrentará no próximo período se os governos não acelerarem os seus investimentos. A União Europeia proibiu a venda de carros novos a gasolina e a gasóleo a partir de 2035, de forma a acelerar a transição para veículos elétricos e combater as alterações climáticas.

A TURQUIA PODE ALCANÇAR 15 POR CENTO?

Em 2025, o mercado de veículos elétricos na Turquia pode ser apenas metade do da Europa. De acordo com o Roteiro de Veículos e Tecnologias de Mobilidade elaborado pelo Ministério da Indústria e Tecnologia, Direção Geral de Tecnologia Nacional, estimou-se que em 2025, 120.000 veículos totalmente elétricos seriam vendidos anualmente na Turquia no cenário médio. Segundo este valor, em média 15 por cento do mercado turco, que ronda as 750 mil unidades por ano, poderá ser constituído por veículos elétricos em 2025. No estudo, em 2025; Foi declarado que as vendas anuais de veículos elétricos seriam de 180 mil no cenário alto, 120 mil no cenário médio e 65 mil no cenário baixo. Em 2030, foi anunciado como 420 mil unidades no cenário médio.

Nota: Os valores são da ACEA. Os dados da Turquia foram adicionados à tabela levando em consideração a projeção de veículos elétricos do Ministério da Indústria e Tecnologia no cenário médio.


rótulos


Source: bigpara- GÜNDEM by bigpara.hurriyet.com.tr.

*The article has been translated based on the content of bigpara- GÜNDEM by bigpara.hurriyet.com.tr. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!