A mudança climática acabará por matar pessoas


Este ano, o Fundo testemunhou o “impacto crescente” das mudanças climáticas na saúde, disse o diretor-executivo Peter Sand, citado pela AFP.

Embora o aumento dos casos de malária tenha sido causado anteriormente pela frequência das tempestades tropicais, “com as inundações no Paquistão, isso assumiu uma nova dimensão”, disse ele.

“O mecanismo pelo qual a mudança climática acabará por matar pessoas é o impacto que tem sobre as doenças infecciosas”, disse Sands, observando que partes da África que costumavam não ser afetadas pela malária estão agora em risco à medida que as temperaturas aumentam e permitem que os mosquitos prosperem, especialmente em altitudes mais elevadas.

A população não será imunizada, então há risco de maior taxa de mortalidade. “Isso é bastante alarmante”, disse Peter Sands.

Outras ameaças dizem respeito à propagação da tuberculose entre o número crescente de pessoas deslocadas em todo o mundo. “A tuberculose é uma doença que se desenvolve quando pessoas altamente estressadas estão concentradas em um espaço pequeno com alimentação e abrigo inadequados”, explicou: “Quanto mais vemos o deslocamento de pessoas devido às mudanças climáticas, mais acho que isso se traduzirá em condições que tornará esta doença, pelo menos, mais provável.”

Peter Sands também disse que a insegurança alimentar tornaria as pessoas mais vulneráveis ​​a doenças.

“2022 foi um ano brutal”, insistiu Peter Sands, “nas comunidades mais pobres do mundo, HIV, tuberculose e malária estão matando muito mais pessoas do que a Covid-19”.

Para as notícias mais importantes do dia, transmitidas em tempo real e apresentadas de forma equidistante, dê LIKE nossa página no Facebook!

segue Mediafax no Instagram para ver imagens e histórias espetaculares de todo o mundo!

O conteúdo do site www.mediafax.ro destina-se exclusivamente à sua informação e uso pessoal. Isso é Entrada republicação do conteúdo deste site sem o consentimento da MEDIAFAX. Para obter este acordo, entre em contato conosco [email protected]


Source: Mediafax by www.mediafax.ro.

*The article has been translated based on the content of Mediafax by www.mediafax.ro. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!