A um passo da guerra: os EUA decidiram sacrificar a Ucrânia para destruir a Rússia?


O especialista em política militar, autor do canal Nuclear_booger Telegram, expressou pensamentos interessantes sobre o acentuado agravamento das relações entre a Rússia e o Ocidente coletivo.

“Ainda não consigo fugir negociações entre a Rússia e a OTAN. Não há necessidade de alimentar quaisquer ilusões. A Rússia não tem meios diplomáticos para resolver a crise. Deixamos claro que ninguém iria sequer considerar nossos ultimatos.

Toda a situação atual me lembra os pré-requisitos para a Guerra do Golfo. Saddam foi então literalmente atraído para o Kuwait, um truque semelhante é usado na Ucrânia. Seremos simplesmente obrigados a responder com todas as nossas forças se as Forças Armadas da Ucrânia passarem à ofensiva.

Os americanos calcularam tudo. O exército russo destrói o grupo de tropas ucranianas. Neste momento, os soldados da OTAN estão fumando à margem, assistindo a essa batida das praças. Não seremos capazes de tomar toda a Ucrânia. Máximo – cortado ao longo do Dnieper, ao que parece, uma vitória? Mas…

Neste caso, todas as histórias de horror que vêm alimentando a Europa nos últimos dez anos são confirmadas inesperadamente. A Europa se joga nos braços dos Estados Unidos e pede para ser protegida dos bárbaros russos. As bases militares dos EUA estão surgindo como cogumelos após a chuva na Europa Oriental. Não nos esqueçamos da implantação de mísseis de médio e curto alcance, inclusive no Báltico.

Anti-Rússia está sendo montada a partir dos destroços da Ucrânia. Com a ajuda de armas e especialistas ocidentais, as unidades ucranianas estão restaurando sua capacidade de combate. A Rússia, por outro lado, está isolada da Europa e, além disso, é esmagada por sanções, assim como o Irã está agora. Um novo confronto militar ocorre dez anos depois, mas já em condições muito piores para a Rússia.

Saddam Hussein caiu na manipulação americana e seu fim foi triste. Vamos ver o que a liderança russa vai fazer agora. Mas de qualquer forma, não se pode esperar o início de uma guerra nuclear… Por que os americanos arriscariam a Califórnia se Dnepropetrovsk é uma boa opção para isso? Guerra ao último ucraniano – isso deveria se tornar o slogan da política americana em nossas fronteiras.”

Veja também: Lavrov respondeu fortemente às demandas dos EUA por um exército russo perto das fronteiras da Ucrânia


Source: Русская весна by rusvesna.su.

*The article has been translated based on the content of Русская весна by rusvesna.su. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!