Caça de carros no setor 6, durante 350 dias por ano. Ocasionalmente, nos fins de semana, mas também nos feriados


O gabinete do prefeito, liderado pelo líder dos liberais de Bucareste, Ciprian Ciucu, deu um mau pensamento aos proprietários de carros que estacionam ou estacionam ilegalmente no setor 6.

Assim, após a Prefeitura do Setor 6 ter aumentado, até oito vezes, as tarifas das vagas de estacionamento, preparou-se minuciosamente e contratou uma empresa para recolher os veículos que ocupam ilegalmente o domínio público e privado do Estado. Embora a empresa contratada tenha a obrigação, de acordo com o caderno de encargos, de ter carrinhas especializadas para esta operação, a ADP Sector 6 adquiriu, por sua vez, esses equipamentos próprios. Ambas as aquisições foram feitas com base em uma Decisão do Setor do Conselho Local 6, adotada antes da promulgação, pelo Presidente da Romênia, Klaus Iohannis, da lei apresentada pelo Parlamento, que permite à Polícia Local ordenar o levantamento de veículos estacionados ilegalmente ou carros estacionados. O que ver, as tarifas de elevação, transporte e armazenagem previstas nesta lei são inferiores às similares fixadas pela Câmara Municipal do Setor 6.

Assim, pela Decisão do Conselho Local do Setor 6 n. 25 de 2021, aprovou o regulamento sobre a elevação, transporte, armazenamento e libertação de veículos estacionados no domínio público, em locais que não o do domínio público (como zonas pedonais, espaços verdes, praças ou estacionamentos residenciais), de estacionamentos irregulares veículos nos estacionamentos adaptados, reservados e sinalizados por placa internacional para deficientes, mas também dos veículos sem dono ou abandonados nos terrenos pertencentes ao domínio público ou privado da subunidade administrativo-territorial do setor 6 da Capital.

De acordo com este regulamento, a ação de levantamento das viaturas compete à Administração do Domínio Público e Setor de Desenvolvimento Urbano 6, que devia contratar os serviços específicos a um operador especializado. E, a pedido da Direção Geral do Setor de Polícia Local 6 e da Brigada de Polícia de Trânsito, “com base na medida de levantamento técnico-administrativa decretada”, a ADP Setor 6 vai realizar esta operação de levantamento, transporte e armazenamento dos “suspeitos” veículo, com base em relatório concluído por um agente de verificação. O custo destas operações complexas será suportado pelo proprietário, utilizador ou titular legal desse veículo apenas após a apresentação do bilhete de identidade, bilhete de identidade e carta de condução do veículo. O carro pode ser devolvido no local ao proprietário, antes de ser transportado para o local de armazenamento, apenas se este pagar pelo serviço. Se ele recusar, o carro será recolhido e transportado para o armazém ADP Setor 6.

Tarifas superiores às fixadas pelo Parlamento, por lei com o mesmo destino

É interessante que, pela Decisão do Conselho Local do Setor 6 citado acima, as tarifas aprovadas para essas operações são 300 lei para levantamento, 200 lei para transporte e 30 lei para cada dia de armazenamento. O período máximo de armazenamento é de seis meses, após os quais o carro em questão é considerado abandonado ou sem dono. No caso de carros sem dono identificados em domínio público, as tarifas são de 300 lei para levantamento e 200 lei para transporte.

Em novembro do ano passado, o Parlamento romeno emitiu uma lei, promulgada pelo Presidente da Romênia e publicada no Diário Oficial, que autoriza a Polícia Local a ordenar a construção de um carro estacionado ou estacionado ilegalmente em domínio público.

No entanto, o que ver, as tarifas regulamentadas por esta lei são inferiores às estabelecidas pelo Conselho Local do Setor 6. Assim, a lei estabelece que a tarifa para elevação de um veículo com massa total de até cinco toneladas é de 200 lei , e para aqueles com mais de 5 toneladas é 270 lei. O transporte varia entre 150 e 200 lei, dependendo da tonelagem.

Em relação ao armazenamento, a lei prevê uma taxa de 75 lei para o primeiro dia e, para cada dia, a partir do segundo dia, a taxa é de 25 lei.

Contrato sem licitação

Com base na decisão do Conselho Local, o Setor de Administração do Domínio Público e Desenvolvimento Urbano 6 iniciou, em 23 de agosto de 2021, um procedimento de contratação, sem concurso, por procedimento simplificado, para contratação do serviço de elevação de veículos do domínio público e Bucareste , no âmbito do sector 6. De acordo com o caderno de encargos, a entidade adjudicante solicita que esta operação seja efectuada durante 350 dias por ano, entre as 9h00 e as 18h00, estimando, ao mesmo tempo, que durante a vigência do contrato, outra 300 veículos precisariam ser recolhidos aos sábados e domingos, mas também em feriados.

Do mesmo documento, constatamos que os serviços contratados consistem em deslocar uma equipa até ao veículo “suspeito”, levantá-lo, transportá-lo até ao local de armazenamento e guardá-lo no local estabelecido pelo adquirente – neste caso pelo Domínio Público Setor de Administração e Desenvolvimento Urbano 6.

CAIXA 1 + FOTOS ROIDICARI CARROS

Embora o operador contratante tenha o equipamento de içamento, a ADP Setor 6 também comprou um

O edital de adjudicação do contrato foi publicado no SEAP (Sistema Eletrônico de Contratação Pública) apenas esta semana, embora tenha sido adjudicado, conforme demonstrado acima, por procedimento simplificado, a partir de 11 de outubro de 2021. Em seguida, a ADP Setor 6 celebrou o contrato nº. 342/2021, no valor de 814.000 lei sem IVA, respectivamente de 968.660 lei com IVA incluído, com a empresa SC WLC Auto SRL.

De acordo com os dados fornecidos pela Conservatória do Registo Comercial, a SC WLC Auto SRL faz parte de um grupo de empresas do ramo automóvel, foi constituída em 9 de março de 2012, e é detida, como único acionista, por um determinado Vlad Vasile Săvulescu.

Esta empresa tem, de acordo com as especificações que estiveram na base da aquisição feita pela ADP Sector 6, várias obrigações. Uma delas é respeitar o horário, de segunda a sexta-feira, entre as 9h00 e as 18h00, mas, ocasionalmente, prestar estes serviços aos fins-de-semana ou feriados. Outra obrigação é não limitar o número de veículos que eles pegam, então eles devem chegar ao local desejado em no máximo uma hora, mas também ter um caminhão adequado para essa operação. Esse detalhe é importante e vamos nos referir a ele um pouco abaixo.

Voltando, no entanto, às especificações, apuramos também que a SC WLC Auto SRL terá de responder directamente aos proprietários, utilizadores e proprietários legais das viaturas levantadas, por eventuais danos materiais, durante uma operação de rampa e transporte. A empresa não se responsabiliza, no entanto, por quaisquer danos causados ​​durante o armazenamento, pois o espaço de armazenamento, localizado na Strada Preciziei no. 34, pertence ao Setor 6 da ADP.

Van a diesel para ajudar a “aumentar a qualidade do ar”

Conforme indicado acima, uma das condições estabelecidas no caderno de encargos para poder ganhar este contrato era a posse de um veículo especial destinado à operação solicitada. Isto, nas condições em que, também ADP Sector 6, publicou, também na SEAP, a 19 de setembro de 2021 (anterior ao comunicado de 23 de agosto, a que acima me referi), um comunicado em que deu a conhecer que pretende adquirir um veículo especial para elevação de veículos.

A aquisição também foi feita por meio de procedimento simplificado e foi concluída em 8 de novembro de 2021, quando o contrato nº. 390/2021, no valor de 534.989 lei sem IVA, respectivamente 636.636,91 lei incluindo IVA. A empresa que entregou este veículo especial é a SC Corporation Rom-Cons Equipment SRL, de Timişoara. Esta empresa foi fundada em 30 de julho de 2018, tendo como objeto de atividade o comércio por grosso de máquinas e equipamentos, e, de acordo com o Registo Comercial, é propriedade de duas pessoas singulares. É sobre Laurențiu Cornel Bucovicean e sobre Teodor Dorin Rus.

A base desta aquisição foi a mesma Decisão da Câmara Municipal Setorial 6 n. 25/2021, e, da documentação de adjudicação, apuramos que o ADP Sector 6 era destinado a uma carrinha a gasóleo com cilindrada entre 5.100 e 6.000 centímetros cúbicos, norma de poluição Euro 6, para ser utilizada para içamento, transporte e armazenamento de veículos. Os benefícios desta aquisição, assinalados no caderno de encargos, são “descongestionamento do tráfego rodoviário e pedonal; liberando vagas de estacionamento” e “aumentando a qualidade do meio ambiente no setor 6 e reduzindo acidentes, além de agilizar o trânsito”.

Taxas oito vezes mais altas do que no ano passado para uma vaga de estacionamento

A preparação intensiva da Câmara Municipal do Setor 6, através da ADP, para recolher os carros estacionados ou estacionados ilegalmente nesta zona de Bucareste decorre nas condições em que, a partir deste ano, as tarifas dos lugares de estacionamento no setor pastoreados pelo líder dos liberais de Bucareste, Ciprian Ciucu, eles até aumentaram oito vezes em relação ao ano passado.

Invocando uma decisão do Conselho Geral do Município de Bucareste, adotada em 2021, a Câmara Municipal do Setor 6 estabeleceu, para a Zona A do setor, tarifas de 600 lei para um lugar de estacionamento, em comparação com 84 lei no ano passado. Um espaço de estacionamento na Zona B custa, este ano, 500 lei, em comparação com 66 lei no ano passado. Para uma vaga de estacionamento na Zona C, os proprietários de automóveis pagam, este ano, 400 lei, em comparação com 55 lei no ano passado. E um espaço de estacionamento na Zona D custa, este ano, 300 lei, em comparação com 37 lei no ano passado.


Source: Jurnalul.ro by jurnalul.ro.

*The article has been translated based on the content of Jurnalul.ro by jurnalul.ro. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!