Carta de Veneto à AIFA: “Estamos procurando 4 milhões de doses de vacina”

NurPhoto via Getty Images

O Veneto está procurando 4 milhões de doses da vacina Covid19 no mercado paralelo. O que se explica pela carta que a Região, através da Azienda Zero, enviou à AIFA para pedir “autorização prévia para poder negociar a compra e importação de vacinas com fornecedores estrangeiros”, considerando “a falta de abastecimento”.

A carta traz a data protocolar de 3 de fevereiro. A Região especifica que “a negociação só incidirá sobre os tipos de vacinas já autorizadas pela EMA” e que notificará prontamente a Aifa “dos nomes dos operadores econômicos, tipo, lótus e quantidade “das doses”.

“Não íamos carregar vacinas nos portos, íamos carregá-las na empresa”. Afirma o presidente do Veneto Luca Zaia falando sobre as doses que a região está tentando comprar de forma independente. “Não aceito que haja uma pátina sombreada – acrescenta – em algo que não seja. Esta é uma atividade a favor dos venezianos ”.

Zaia continua: “Dizer que as vacinas adquiridas de forma independente pelo Veneto serão compensadas numericamente das fornecidas pelo Ministério é uma ameaça”. “Não estamos lidando com mercado negro – destaca ele -. E em todo caso, se o governo disser não, dirá aos cidadãos italianos ”.

Sobre quem são os interlocutores na negociação de compra das vacinas, o diretor-geral de saúde do Veneto Luciano Flor explica que se trata de “nomes e sobrenomes inclusive italianos, são os representantes legais das empresas”. “Queremos seguir o mesmo procedimento que seguimos – observa ele – quando compramos um medicamento não disponível na Itália”.

O diretor-geral acusa então: “Estamos recebendo doses de vacinas que nos permitirão imunizar um pequeno número de pessoas e em muito tempo”. E acrescenta: “Temos 720 mil doses para maiores de 80 anos no ritmo atual que chegamos no final de abril. As poucas vacinas que temos não são suficientes para nós. Temos uma capacidade de vacinação 10 vezes superior às doses que temos ”.

Também em Lombardia a situação é semelhante. Segundo a vereadora da saúde, Letizia Moratti, entrevistada pela imprensa “se as coisas continuassem como propõe o comissário Arcuri, a Lombardia não poderá vacinar toda a população até junho, porque as categorias entre 55 e 80 anos deveriam ser coberto com vacinas Pfizer e Moderna, que atualmente são insuficientes ”.

Posto isto, Moratti explica que por esta razão “o Presidente Fontana falou com a Zaia, e em conjunto com o Veneto e outras duas regiões, cumprindo as condições da Aifa, iremos verificar se os requisitos para compras independentes são cumpridos”.
Comissário Arcuri? “Sempre baseei meu trabalho na leal colaboração institucional, mas acredito que tenho o dever de reclamar as doses da vacina e a equipe. Que, acredite, foi enviado para nós em uma parte muito pequena ”, responde.

Depois, há Stefano Bonaccini que não desiste: oEmilia Romagna mantém viva a ideia de comprar vacinas por conta própria no mercado internacional, talvez em parceria com outras regiões, como o Vêneto. “Estamos falando de vacinas que servem para proteger a saúde das pessoas e até de suas vidas, mas todas as regras serão respeitadas, Deus nos livre”, garante Bonaccini, entrevistado esta manhã na Rádio24.

Trata-se, acrescenta o governador, de “estar pronto para qualquer eventualidade, caso haja dificuldades por um lado e oportunidades adicionais por outro” no fornecimento de vacinas. Quanto ao plano de vacinas, “ele precisa ter o máximo de doses possível, só”, responde Bonaccini, que pede que não haja mais atrasos nas entregas. Na Emília-Romanha, do ponto de vista organizacional e operacional, “poderíamos fazer 1,3 milhão de vacinações por mês”, lembra ainda o presidente, o que significa que “em alguns meses poderíamos vacinar a todos. A questão é exigir que cheguem as doses das vacinas, que outras vacinas sejam autorizadas a ter uma gama de vacinas tão extensa e confiável quanto possível ”.


Source: Huffington Post Italy Athena2 by www.huffingtonpost.it.

*The article has been translated based on the content of Huffington Post Italy Athena2 by www.huffingtonpost.it. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!