Cerca de um ano após o incidente: uma reviravolta significativa na investigação de distúrbios no Capitólio

Rumo a um avanço? O Departamento de Justiça dos EUA anunciou nesta noite (sexta-feira) as primeiras acusações por sedição e incitação, contra participantes de eventos do Capitólio ocorridos há cerca de um ano, em 6 de janeiro, imediatamente após o ex-presidente Donald Trump encerrar seu discurso em um comício contra os resultados das eleições .

As acusações atribuem a membros do grupo de extrema-direita que se autodenominam “Oath Keepers”, que já foram acusados ​​de invadir o prédio do Capitólio, um risco significativo de cometer atividades violentas. O procurador-geral Marik Garland estava inicialmente relutante em apresentar uma acusação de incitação contra membros do grupo, mas de acordo com investigadores do FBI e promotores federais na capital, muito tempo foi investido na construção do caso contra eles, alegando que as provas eram substanciais.

Apoiadores de Trump invadiram o Congresso e entraram em confronto com a polícia (Foto: Redes Sociais)

Os promotores federais foram criticados no ano passado, tanto por especialistas jurídicos, legisladores democratas e críticos do ex-presidente Donald Trump, por afrouxar as sentenças dos manifestantes. Mas as novas acusações são a resposta para isso, atribuindo acusações de “conspiração rebelde”.

No entanto, há dificuldade em provar um delito tão grave em tribunal, e há obstáculos que provavelmente enfrentarão os promotores até a condenação, mas ainda são considerados um avanço, porque até agora os eventos do Capitólio foram “reduzidos” apenas a incidentes de agressão, sem atribuição ao incitamento da rede. Muitos saem às ruas e invadem a área.

  • Corona pode prevenir corona? A pesquisa que vai surpreendê-lo muito

O Departamento de Justiça dos EUA concentrou seus esforços no ano passado na coleta de materiais contra pelo menos doze membros da organização de direita, enquanto alguns prometeram cooperar. Além disso, o líder do grupo, Stuart Rhodes, negou anteriormente qualquer conexão com esses eventos.

Apoiadores de Trump invadem o edifício do Capitólio de Washington (Foto: Reuters)

Na semana passada, o presidente Joe Biden, culpou Trump, diretamente responsável pelo ataque de seus partidários ao Capitólio, por suas alegações de que ele havia vencido a eleição presidencial. “O ex-presidente dos EUA criou e espalhou uma teia de mentiras sobre as eleições de 2020”, disse Biden em uma cerimônia realizada no Capitólio para marcar os eventos violentos deste ano.


Source: Maariv.co.il – חדשות מהארץ והעולם by www.maariv.co.il.

*The article has been translated based on the content of Maariv.co.il – חדשות מהארץ והעולם by www.maariv.co.il. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!