Com nova tática, Holanda leva ouro duas vezes em busca por times na Copa do Mundo | AGORA


Os skatistas e patinadores holandeses conquistaram o título mundial na busca por equipes nas distâncias do Campeonato Mundial em Heerenveen na sexta-feira. Patrick Roest, Marcel Bosker e Beau Snellink foram os mais rápidos entre os homens com uma nova tática, o mesmo se aplicando a Antoinette de Jong, Ireen Wüst e Irene Schouten, as melhores entre as mulheres.

Roest, Bosker e Snellink venceram por pouco o Canadá na penúltima fase e registraram o tempo de 3,41,43 minutos. A Noruega e a Rússia tiveram a oportunidade de se esconder lá, mas decepcionaram. Atrás da Holanda, o Canadá ficou com a prata com 3,41,70 e a Rússia com 3,42,66 com o bronze.

O ouro foi um impulso mental, especialmente para Roest. Ele surpreendentemente teve que se contentar com a prata nos 5.000 metros na quinta-feira – o sueco Nils van der Poel causou uma grande proeza -, mas dirigiu fortes nas últimas voltas na perseguição da equipe.

Snellink inicialmente não entraria em ação na perseguição da equipe, mas como Sven Kramer cancelou na quinta-feira depois de 5 quilômetros dramáticos, nos quais terminou em 16º em parte devido a dores nas costas, ele ainda precisava fazer uma aparição.

Também um desfecho emocionante para as mulheres

Também foi muito emocionante para as mulheres. De Jong, Wüst e Schouten estiveram atrás do Canadá quase toda a corrida na etapa final, mas foram um pouco mais rápidos devido a uma excelente última volta: 2,55,79 a 2,55,97. A Rússia completou o pódio com 2.59.35.

A equipe holandesa aplicou a ‘tática push’ pela primeira vez. Essa estratégia, em que a piloto líder permanece na liderança por muito tempo e é impulsionada por suas duas companheiras de equipe, foi popularizada pela Noruega nesta temporada. O Canadá (Ivanie Blondin, Isabelle Weidemann e Valérie Maltais) usou a tática nas duas Copas do Mundo em Thialf no mês passado e foi duas vezes mais rápido que a Holanda.

O Japão é o atual campeão olímpico e campeão mundial nos dois anos anteriores. Preocupado com o vírus corona, o país asiático decidiu não deixar seus patinadores viajarem para a Europa para esta Copa do Mundo.

A Holanda conquistou o título mundial na busca por equipes no início de 2008, 2012, 2013, 2016 e 2017. Wüst esteve na equipe de ouro cinco vezes. De Jong esteve lá nos últimos dois títulos mundiais holandeses, Schouten fez sua estreia nesta temporada nesta parte. No ano passado, Wüst e De Jong, junto com Melissa Wijfje, conquistaram a prata atrás do Japão.


Source: NU by www.nu.nl.

*The article has been translated based on the content of NU by www.nu.nl. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!