Como proteger o seu coração na diabetes


No diabetes tipo 2, as células tornam-se insensíveis ao hormônio insulina e param de absorver a glicose do sangue. Isso leva a distúrbios bioquímicos e fisiológicos generalizados por todo o corpo – é difícil encontrar um órgão que não seja afetado pelo diabetes. Devido a anormalidades no metabolismo, as mitocôndrias – organelas celulares que produzem energia para a célula – falham. Quando afeta o coração, desenvolve-se a cardiomiopatia diabética, uma das complicações mais perigosas do diabetes.

Funcionários do Instituto de Biofísica Teórica e Experimental (ITEB) da Academia Russa de Ciências, que estudam o estado das mitocôndrias no coração e nos músculos esqueléticos no diabetes, sugerem protegê-los com o medicamento alisporivir. Ela inibe a atividade da proteína ciclofilina D. Todas as ciclofilinas são enzimas bastante específicas que alteram as estruturas espaciais das ligações químicas entre os aminoácidos em outras proteínas; em outras palavras, eles realizam uma reação de isomerização. As ciclofilinas são muito numerosas e muito importantes para a célula, embora as funções específicas de cada uma dependam de onde a ciclofilina específica atua. Assim, a ciclofilina D está localizada nas mitocôndrias: aqui depende dela a formação de um poro especial nas membranas mitocondriais, o que causa a destruição das mitocôndrias. Esse tempo começa quando a célula está sob forte estresse e é mais fácil morrer com cuidado do que permanecer viva e prejudicar outras pessoas.

No entanto, o tempo para as mitocôndrias nem sempre é tão necessário; acontece que as mitocôndrias e a célula como um todo podem continuar a viver e a trabalhar e, em vez disso, morrem. O alisporivir, que suprime a atividade da ciclofilina D, ajuda a evitar mortes desnecessárias. Em dois artigos em International Journal of Molecular Sciences e Biologia Os pesquisadores descrevem como o alisporivir previne a destruição mitocondrial e a morte das células musculares cardíacas e esqueléticas no diabetes. Quando administrado a camundongos mantidos com uma dieta gordurosa e, portanto, injetados no estado diabético, nesses camundongos o alisporivir ajudou as células a absorver a glicose do sangue e normalizou o funcionamento do coração, que passou a sofrer complicações diabéticas. Os resultados obtidos permitem concluir que o alisporivir pode ser utilizado na complexa terapia da diabetes mellitus.

Este trabalho foi financiado pela Russian Science Foundation.

De acordo com a assessoria de imprensa do ITEB RAS


Source: Автономная некоммерческая организация "Редакция журнала «Наука и жизнь»" by www.nkj.ru.

*The article has been translated based on the content of Автономная некоммерческая организация "Редакция журнала «Наука и жизнь»" by www.nkj.ru. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!