Conflito por causa de uma garota: um menor será acusado do assassinato de Shimon Alush em Shlomi

Depoimento do promotor foi apresentado hoje (sexta-feira) ao Tribunal de Magistrados de Haifa contra um menino de 15 anos suspeito de esfaquear Shimon Alush até a morte no final de agosto passado. A polícia informou que nos próximos dias será ajuizada uma acusação e um pedido de detenção até ao fim do processo.

Como você deve se lembrar, no final de agosto passado, Alush foi morto a facadas na localidade. As forças do MDA chamadas ao local o evacuaram, enquanto realizava operações de ressuscitação, para o Centro Médico da Galiléia em Nahariya, onde a equipe médica foi forçada a determinar sua morte. Grandes forças policiais chamadas ao local começaram a investigar as circunstâncias do incidente.

A paramédica do MDA Eliana Agassi disse: “O ferido estava caído na calçada inconsciente e sofrendo de feridas de faca no corpo. Fizemos exames médicos, mas ele estava sem sinais de vida e não temos escolha a não ser determinar sua morte”.

Uma investigação da Unidade de Combate ao Crime revela que foi descoberta uma disputa entre o suspeito e a vítima que aparentemente dizia respeito a outro menor quando no dia do incidente após a acalorada discussão, o suspeito convidou o falecido para sua casa e ao mesmo tempo se preparou uma faca em suas roupas. Enquanto isso, quando a vítima, uma moradora de Shlomi, de 17 anos, chegou ao local, uma discussão estourou entre os dois, durante a qual o suspeito esfaqueou a vítima várias vezes e fugiu do local, cerca de uma hora após o incidente , ele se entregou à polícia de Nahariya.

Shimon Alush (foto: nenhuma)

Sharon Zaguri, dona de uma pizzaria na rua principal do assentamento, disse a Walla!, Um dia após o incidente, que “as duas ficaram comigo ontem até tarde, como todos os dias. Ontem ficaram as duas comigo até a 01: 00 depois da meia-noite. Eles estavam juntos. Não havia nada. “Eu digo que não há conexão com nenhuma garota e nenhuma garota está envolvida.”

Mais tarde, Zaguri disse que após fechar o negócio, foi à oração do Slichot na sinagoga e depois de um tempo o menino suspeito entrou. “Simon provavelmente pensou que ele queria um cigarro ou algo assim. O menino tinha 15 anos, não na sua escala, então ele estava relaxado e não se sentiu ameaçado. Infelizmente e infelizmente acabou do jeito que terminou.”

“Esse é um cara com um coração de ouro. Ele fala com respeito e respeito, com todos. Até com minha mãe de 71 anos, ele entra e beija a cabeça dela três vezes por dia. Ele é um garoto que não tem coisas assim, não em uma seção de violência, não é o seu estilo de jeito nenhum. Ajuda a todos como voluntários “, disse ele.


Source: Maariv.co.il – חדשות מהארץ והעולם by www.maariv.co.il.

*The article has been translated based on the content of Maariv.co.il – חדשות מהארץ והעולם by www.maariv.co.il. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!