Custa muitas chamadas de emergência para a T-Mobile

Pela segunda vez, a subsidiária americana da Deutsche Telekom, a T-Mobile USA, é forçada a enfiar a mão no bolso devido a um colapso extremamente embaraçoso. Os assinantes da empresa não conseguiram acessar os sistemas de chamadas de emergência dos EUA via 911 por 12 horas em junho passado, então agora eles têm que pagar US $ 19,5 milhões, ou cerca de US $ 6,4 bilhões em “pesar”, após uma investigação de vigilância do mercado local. para o provedor de serviços.

Embora a autoridade competente, a Federal Communications Commission (FCC), não tenha podido estimar com precisão o número total de chamadas que poderiam estar envolvidas no incidente, mais de 23.000 chamadas baseadas nos logotipos devem ter falhado, pelo menos no mesmo número a localização do chamador não alcançou o número de emergência. . O erro foi causado pela falha de uma conexão de linha alugada óptica e o problema de roteamento que a acompanha.

O programa de desenvolvimento web moderno e encontros de CI / CD está ao vivo!

A série de encontros on-line HWSW continua de 29 a 30 de dezembro.

O programa de desenvolvimento web moderno e encontros de CI / CD está ao vivo! A série de encontros on-line HWSW continua de 29 a 30 de dezembro.

Esta não é a primeira vez que o número de emergência nacional fica indisponível para assinantes da T-Mobile nos Estados Unidos – a empresa também pagou grandes quantias de $ 17,5 milhões em compensação após as interrupções em 2014. Nesses casos, não ficou claro exatamente quantos danos indiretos foram causados ​​pela indisponibilidade de números de emergência.

Um caso ainda mais sério ocorreu neste verão na França, onde 112 call centers de emergência ficaram indisponíveis em todo o país devido a uma falha no sistema de chamadas de emergência operado pela Orange. O caso francês também teve consequências trágicas – como se viu, os paramédicos não conseguiram chegar a um paciente sério a tempo, suas vidas não podiam mais ser salvas no hospital.


Source: HWSW Informatikai Hírmagazin by www.hwsw.hu.

*The article has been translated based on the content of HWSW Informatikai Hírmagazin by www.hwsw.hu. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!