Dill: como cultivar e usar na cozinha

Dill: como cultivar e 7 ideias saborosas para usar na cozinha

EU’aneto é uma planta fascinante, rica em propriedades benéficas e com um sabor único e tentador. O nome científico da planta é Anethum graveolens, e é um membro da família Umbelliferae ou Apiaceae. O endro é originário da Ásia e, mais precisamente, do Oriente Médio e da Índia.

Embora não seja muito difundido na Itália, o endro encontra cada vez mais espaço em muitos pratos, devido ao seu gosto intenso e particular. O que o torna um excelente aliado para a preparação de pratos como sopas, peixes e para a preparação de deliciosos acompanhamentos.

Além disso, esta planta é amplamente utilizada como remédio natural. Mas como cultivar endro no jardim ou na varanda? Antes de experimentar o cultivo do endro, deve saber que esta planta tem muito medo das variações climáticas, por isso será importante consultar o seu fornecedor de confiança, para ter a certeza de que a sua área de residência é adequada para tal. tipo de cultivo.

Neste artigo veremos quais são as características do endro, como fazer a planta crescer, quais são seus benefícios e como usá-la para deixar suas receitas favoritas mais saborosas.

As características da planta

Esse planta herbácea aromática tem um caule ramificado e muitas folhas pinadas com pequenos segmentos filiformes. Deles surgem as pequenas flores do endro, delicadas inflorescências amarelas brilhantes dispostas em forma de guarda-chuva.

Com o seu aspecto, a planta lembra muito o funcho selvagem, mas o seu sabor é diferente e podemos dizer o mesmo pelas suas propriedades benéficas. Você pode ver plantas de endro crescendo espontaneamente em algumas áreas do Mediterrâneo.

Cultivo de endro

Na Itália não é fácil encontrar esta planta em supermercados, então você pode querer cultivá-la na varanda. Antes, porém, será necessário conhecer suas principais características e necessidades. A planta endro, por exemplo, adora as estações quentes e, em vez disso, teme o inverno, por isso não pode ser mencionada entre as perenes resistentes ao frio. Prefere locais claros e ensolarados, abrigados do vento e de baixas temperaturas, que não devem cair abaixo de 15 °.

O cultivo geralmente ocorre no final da primavera, pois, dessa forma, a planta não será exposta a mudanças significativas de temperatura, mesmo durante a noite.

Cultivo no jardim ou em vasos?

A planta do endro pode ser cultivada tanto no jardim como em vasos, desde que respeitadas suas necessidades e peculiaridades. Se você diz crescendo endro no vaso, preste atenção nas características do recipiente, que deve ser grande o suficiente, já que a planta pode atingir até um metro de altura.

O solo adequado é de textura média, a meio caminho entre o muito compacto e o menos compacto. Também deve ser um solo altamente drenante, a fim de evitar a formação de estagnações de água e enriquecido com compostos nutritivos.

No fundo do vaso pode-se adicionar uma cama de cascalho e bolinhas de argila, de forma a tornar o solo ainda mais drenante e assim facilitar o escoamento da água. Depois disso, você pode encher o pote com terra. A semeadura pode ocorrer de abril até o final do verão.

Dill: quando regar a planta?

Mas quando molhar a planta de endro? E quanta água dar? A resposta depende da região em que está localizado e das temperaturas e condições climáticas do local.

Em geral, na primavera será suficiente regar o endro duas vezes por semana, ainda menos na época das chuvas. No verão, será necessário aumentar a frequência, preferindo as primeiras horas da manhã ou após o pôr do sol, para que o sol escaldante não evapore imediatamente a água.

A colheita ocorre cerca de dois meses após a semeadura e pode ser estendida ao longo da estação de crescimento.

Propriedades e benefícios

Fonte: Pixabay

Mas para que serve o endro? Como sempre acontece quando falamos sobre plantas aromáticas e especiarias, a planta do endro também é conhecida por suas proverbiais propriedades benéficas.

Não surpreendentemente, o termo “endro” deriva da palavra grega “anethon”, que por sua vez deriva do termo egípcio que pode ser traduzido como “afasta doenças”, confirmando as propriedades benéficas da planta que são conhecidas há séculos.

O endro fresco contém vários nutrientes, como vitaminas A, C, D, riboflavina, manganês, ácido fólico, ferro, cobre, potássio, magnésio e fibras. O que o torna um aliado muito valioso para aliviar algumas doenças e fortalecer nossa saúde. A planta também possui propriedades antioxidantes, antiinflamatórias e antibacterianas.

Vamos dar uma olhada em quais são os benefícios do endro e suas propriedades notáveis:

  • Melhora as funções do sistema gastrointestinal: assim como o alcaçuz e a folha de louro, o endro é um excelente aliado no combate a problemas como indigestão, cólicas, flatulência e distensão abdominal e também está disponível na forma de óleo essencial
  • Reduz o risco de doenças crônicas, graças à presença de antioxidantes (flavonóides, terpenóides e taninos)
  • Além disso, melhora a saúde cardiovascular como o tomilho e promove o bem-estar mental, como o alecrim
  • Protege a saúde óssea, graças à presença de cálcio, magnésio, fósforo, ferro e vitamina D.
  • Previne infecções, graças às suas propriedades antibacterianas, também reconhecidas na salsa e no alho. Também é muito útil para o tratamento de tosses e resfriados
  • Melhorar a respiração: quando mastigadas em pequenas quantidades, as sementes de endro podem proporcionar um hálito agradável. Já na época dos romanos, esse remédio era usado para refrescar a boca, um pouco como a goma de mascar.
  • Ajuda no combate à insônia: graças à presença de flavonóides e vitaminas do complexo B nas folhas de endro, esta planta é um excelente remédio natural, como a borragem, contra a insônia e para recuperar a calma.

O que pode ser feito com endro? 7 maneiras de usar na cozinha

Endro na cozinha
Fonte: Pixabay

Se por acaso você encontrar endro nas prateleiras do supermercado, valerá muito a pena dar uma chance a esse tempero. Seu sabor intenso e tentador pode surpreendê-lo!

Antes de listar os pratos que você pode renovar graças a esta planta, vamos ver que sabor você deve esperar!

Qual é a aparência do gosto de endro?

As folhas do endro têm um sabor Dolce, enquanto as sementes têm um leve aroma cítrico que as torna em alguns aspectos semelhantes ao sabor do cominho misturado com o deanis estrelado. O certo é que se trata de um sabor intenso, que não passará despercebido.

Mas como usar endro na cozinha? Vamos ver quais são as receitas que você pode dar sabor com este ingrediente.

7 maneiras de usar endro na culinária

  • Use-o em vez de sal: você pode usar endro, com seu aroma intenso e sabor de erva-doce, para reduzir a ingestão de sal. Os temperos são, na verdade, uma ótima maneira de enriquecer seus pratos, reduzindo o sódio sem sacrificar o sabor
  • Dê um toque extra de sabor às sopas: quando cozidas, adicione uma pequena quantidade de endro para dar um sabor mais delicioso
  • Tempere a salada de batata: adicione algumas folhas de endro à sua salada de batata, talvez adicionando bergamota ou raspas de pomelo também, para dar um sabor único e intenso
  • Enriqueça o molho de iogurte: para dar ao seu molho de iogurte um toque extra de sabor e aroma, adicione algumas folhas de endro
  • Experimente com peixes: salmão e endro são uma combinação de dar água na boca. Esta é sem dúvida uma das combinações mais populares na cozinha, mas também pode usar a especiaria ou a planta fresca para experimentar novas receitas de carne ou peixe, especialmente com marisco e arenque.
  • Saboreie queijos frescos e cremosos, para barrar em uma fatia de pão integral torrado
  • Prepare o espaguete de abobrinha com aroma de endro: para isso, basta lavar as abobrinhas e cortá-las em tiras finas. Despeje em uma tigela e regue com o suco de meio limão ou uma pitada de chinotto, endro, sal e alho. Adicione um fio de azeite, deixe temperar por cerca de quinze minutos e acrescente 15 gramas de noz-pecã em pedaços pequenos. Desfrute de sua refeição!

Um truque: para manter sua fragrância e sabor únicos, coloque o endro somente quando cozido e cru.

Onde posso encontrar endro e quanto custa?

Se você tiver a sorte de ser capaz de cultivarendro na varanda ou no jardim, ao lado do seu manjericão, você poderá ter seu suprimento de bem-estar e sabor à disposição todos os dias. Como alternativa, você pode encontrar o tempero em supermercados bem abastecidos, fitoterapeutas ou lojas online.

O custo é semelhante ao dos outros aromáticos.


Source: GreenStyle by www.greenstyle.it.

*The article has been translated based on the content of GreenStyle by www.greenstyle.it. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!