Elon Musk fará o Tesla Roadster voar no sentido literal – DIRIJA

Empresa de protótipo de carro elétrico apresentado em 2017, planejando lançar o carro em operação em 2020.

Em entrevista ao apresentador Joe Rogan, o chefe da Tesla, Elon Musk, disse que quer ensinar a modelo Tesla Roadster voar. Mais precisamente, para pairar em uma altitude baixa (1,0–1,8 m) por um tempo relativamente curto (com a capacidade de se mover para a frente), relata InsideEVs. Esse recurso, se os engenheiros cumprirem a tarefa do chefe, será um bônus ao pacote anunciado anteriormente chamado SpaceX (pelo nome Firma irmã de Tesla)

No final das contas, o desenvolvimento real da versão de produção estava apenas começando, e não terminando. Aliás, Musk mudou o lançamento da série. Agora é 2022.

Este pacote foi originalmente concebido para melhorar a dinâmica longitudinal e lateral usando pequenos motores de foguete a gás comprimido colocados ao redor do perímetro do veículo. Mas Musk está pensando em colocar os mesmos abaixo. Ele acredita que se introduzirmos uma limitação de altitude de vôo da ordem de 1,8 m, o sistema estará seguro. Se os motores do foguete forem desligados repentinamente, o carro cairá, possivelmente danificando a suspensão, mas os passageiros não serão feridos. (O almíscar não cobre a poeira levantada pelos jatos dos motores, o risco de cair sobre outros carros ou pedestres.)

A propósito, a versão básica do carro elétrico deveria ser de quatro lugares. E com o pacote SpaceX, a última fila é retirada: seu lugar será ocupado por um cilindro de fibra de carbono de alta pressão, a partir do qual os motores do foguete serão movidos. A traseira, aliás, no estilo de Bond, quando ativada, aparecerá sob a placa retrátil. Eles vão aumentar a aceleração. E esses bicos no nariz encurtarão a distância de parada.

De acordo com Musk, os trabalhos de engenharia em um roadster convencional devem ser concluídos este ano (a versão voadora é apenas um desejo até agora). No final do verão, uma amostra de teste deve estar na estrada, não um conceito, mas um protótipo de um modelo de transportador.

Os dados preliminares para o novo esportivo são os seguintes: o carro terá um motor elétrico na frente e dois na traseira, o alcance será de 998 km contra 393 km para primeira geração, bateria – 200 kW • h (o predecessor tinha 53 kW • h na série, e em 2016 os proprietários receberam uma atualização da bateria de até 80 kW • h), aceleração de zero a 60 mph (97 km / h) – 1,9 s (na primeira geração era 3,7–3,9, dependendo da modificação). A produção em série deve começar em 2022.


Source: DRIVE.RU by feedproxy.google.com.

*The article has been translated based on the content of DRIVE.RU by feedproxy.google.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!