Embaixador intervencionista dos EUA em Tirana sob pressão


“Posso assegurar-vos que o Presidente dos Estados Unidos Joe Biden, o Secretário dos Estados Unidos Tony Blinken e eu todos temos plena confiança no Embaixador Yuri Kim”, declarou a Secretária de Estado Adjunta para Assuntos Europeus e Eurasianos Karen Donfried em Tirana em entrevista bem preparada com o correspondente local da Voice of America. Defender colegas diplomatas é uma prática padrão na diplomacia dos EUA, mesmo nos casos em que tal defesa pública pode ser injustificada.

No entanto, isso também costuma ser um sinal de problemas.

A embaixadora Kim foi acusada de intervir no judiciário albanês para pressionar por uma decisão judicial contra o principal partido da oposição, o Partido Democrata (DP): ela queria favorecer um grupo dissidente do partido que fingia ser a liderança do partido. Kim admitiu indiretamente sua intervenção por meio de um tweet. O embaixador brigou repetidamente com o líder da oposição Berisha e demonstrou apoio repetido ao atual governo de Rama, apesar dos relatórios do Departamento de Estado expressando fortes críticas à corrupção oficial de alto nível e à má governança.

O professor Ilir Kalemaj, da filial da Universidade de Nova York em Tirana, aponta para um recente aumento do antiamericanismo nesta nação altamente pró-americana: “Tem algo a ver com a bravata do embaixador”.

“Apesar do fato de que ela é um símbolo de seu país, Kim é cáustica em sua língua, mais próxima do governo e mais favorável ao (primeiro-ministro) Rama”, disse ele à A2 TV, afiliada da CNN local, na semana passada.

De fato, uma pesquisa de outubro de 2021 encomendada pela Euronews Albania October descobriu que apenas 32,6% dos entrevistados ficariam do lado dos EUA em um conflito imaginário com a UE; o apoio deste último atingiu 56,9%. Anteriormente, os números de suporte teriam trocado de lugar.

Curiosamente, o Partido Democrata da oposição tem sido, desde sua fundação, há três décadas, um defensor atlantista. A Albânia entrou na Parceria para a Paz da OTAN na década de 1990 sob governos liderados pelo DP e tornou-se membro da Aliança em 2009. O DP criticou os esforços de lobby do governo em Washington DC que se concentram em garantir o apoio ao partido no poder. As atuais sanções dos EUA contra Berisha, anunciadas em 2021, foram vistas como parte desse esquema partidário.


Source: New Europe by www.neweurope.eu.

*The article has been translated based on the content of New Europe by www.neweurope.eu. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!