Fiscalidade “dá novo impulso à crise”

Isac Lazarovici, conhecido como Ion Pribeagu, aquele que provavelmente colocou a famosa letra na boca do grande ator entre guerras Constantin Tănase: “Eu cresço em um imposto especial de consumo? trovador / menestrel que se referiu à tributação. Adrian Păunescu escreveu o poema ” Impostos, taxas e impostos”:

Por que você não apenas tributa

E a linha de pobreza progressiva?
Por que você não coloca impostos no escuro?
Taxar o vento que sopra!
Seria uma pena hesitar no assassinato
Para confiscar o sangue das veias,
Continue o ardor com zelo
E o mal que te faz tão bom!
Carregue amor, sono, nostalgia,
Penumbra, desespero e suspiro
E unhas que crescem em um,
Destrua tudo ao longo e através.
Não faz sentido não colocar algum trabalho de escritório,
Recém-nascidos, não sei como se chamam,
Trabalhar implacavelmente e de forma justa,
Taxar o leite materno também.
Mas que tributação é essa
Do qual nem todo pão é roubado
Para esta nação que tomou sua vez
Não viver na coleira como um cachorro?
Carregue severamente e aperte as mãos!
Telepatia totalmente fiscal!
Pegue quantas skins quiser
E abolir a Romênia através de impostos!
Que cumplicidade é essa
Com os pobres e os deserdados?
Eles ainda têm algo a pagar como taxa,
Desperte seus tumultos e ambições!
Você não pode ver que o homem ainda está respirando?
Quanto tempo você adia a sentença de morte?
Bata toda a nação até o osso,
Tocar é um tipo de doença.
Adicione impostos e taxas
Sobre impostos e taxas,
Imposto e lágrima e chuva!
Carregue os mortos nas sepulturas também!
Impostos sobre a flor doada,
Impostos quentes e frios,
Orvalho e impostos mensais,
Impostos sobre as notas 10.
Café, chá, água de nascente,
A janela, a porta, merece imposto
Quando, com uma trágica luxúria, o Governo
Dá um novo impulso a esta crise.
Impostos e taxas de palavras,
Mas ecos e silêncio,
Esfolar o povo é nobre,
Quando você para de dar a ele o direito de ter esperança.
Ei, Romênia, como uma crucificação,
Em vão queremos perguntar-lhe “Quo vadis?”
Não é nem possível viver aqui
Nem é livre para morrer agora.
Na luta contra todos,
Em uma guerra promíscua desumana,
Viva a corrente que entra em nossos ossos!
Viva o Imposto, o Roubo, a Morte, o Imposto!

Lazarovici e Păunescu parecem ser visionários, mas na verdade são mais hábeis em “ler” seus líderes políticos, o que não parece ter mudado nas últimas oito ou nove décadas. A tributação mais alta, quando deveria ser mais baixa, destina-se a compensar a incapacidade de administrar. Alguns gerentes habilidosos teriam pensado em determinar em que nível o déficit estrutural está colocado, como ele pode ser estabilizado e depois aniquilado. Mas, como isso não acontece, chegamos exatamente ao que avaliam o poeta judeu e aquele que cresceu em Oltenia. O problema é nosso sistema tributário ruim e injusto, como disse o fundador do BNR, o liberal Eugeniu Carada, em estreita conexão com a incapacidade dos governantes, selecionados da mesma maneira por décadas e décadas.


Source: Jurnalul.ro by jurnalul.ro.

*The article has been translated based on the content of Jurnalul.ro by jurnalul.ro. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!