Folk Word Pode estar até 17 graus negativos no fim de semana


Embora ainda não se saiba exatamente quais processos autoimunes podem ser desencadeados pela infecção, é certo que seu risco é muito maior do que a chance de uma doença autoimune que pode se desenvolver como resultado da vacina.

É impossível imaginar uma vacina ruim, cujos efeitos colaterais poderiam um dia ser mencionados com os perigos e possíveis complicações da infecção por coronavírus – diz Ernő Duda, professor de virologia e imunologia da Universidade de Szeged. questionado sobre a possível ligação de doenças por KOVIDők, gerido por dois investigadores do Centro Biológico de Szeged. página do Facebook. As doenças autoimunes não são contra-indicações para as vacinas contra o coronavírus atualmente disponíveis na Hungria, enfatizou o professor. Embora cada vacina possa ter efeitos colaterais diferentes, os pacientes autoimunes não precisam esperar complicações inesperadas como resultado das vacinas atualmente usadas na Hungria. Até agora, apenas em pacientes com asma grave, mas com frequência extremamente baixa, ocorreu uma chamada reação anafilática após a vacinação. O desenvolvimento da vacina deve levar em consideração as características potencialmente autorreativas e procurar garantir que a vacinação não desencadeie um processo como a própria infecção. O conhecimento sobre o vírus SARS-CoV-2 vem se acumulando há apenas um ano, e só agora as graves complicações que podem ocorrer após a infecção começaram a se tornar aparentes. Já se sabe que parte significativa dessas complicações resulta de um processo autoimune. Estudos recentes já estão focados em descobrir quais partes do patógeno são capazes de iniciá-los. Isso ainda não foi possível ao desenvolver vacinas que já foram desenvolvidas, então os vacinadores precisam ser monitorados por anos para ver se alguma doença autoimune está se tornando mais comum, disse o professor de imunologia. Já está bastante claro que o risco de uma doença autoimune adquirida em decorrência de uma infecção é muito maior do que a chance de desenvolver uma doença autoimune que poderia ser causada pela vacinação. Sabendo que a doença de Covid-19 pode ter efeitos colaterais extremamente graves e que a taxa de mortalidade é bastante elevada, principalmente entre os idosos, é recomendável que todos tomem a vacina, seja ela qual for. “É impossível imaginar uma vacina ruim, cujos efeitos colaterais poderiam um dia ser mencionados com os perigos e possíveis complicações da infecção por coronavírus”, concluiu Ernő Duda. Toda a conversa aqui acessível.

Source: Népszava by nepszava.hu.

*The article has been translated based on the content of Népszava by nepszava.hu. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!