Hoje, os governadores vão discutir estado de emergência entre si e com o governo


Atualizações: 13/02/2021 00:03

Praga – O governo e governadores vão discutir hoje os próximos passos da epidemia do coronavírus. Depois da reunião de sexta-feira com representantes das regiões, o primeiro-ministro Andrej Babiš (YES) afirmou que o gabinete não poderia declarar um novo estado de emergência novamente, que a Câmara dos Deputados se recusou a prorrogar. Segundo Babiš, a única solução é que os governadores peçam ao gabinete que anuncie. No entanto, eles ainda estão divididos sobre o assunto e hoje estarão discutindo o caminho a seguir. O estado de emergência declarado na República Tcheca devido à epidemia de coronavírus terminará no domingo.

Os governadores podem solicitar ao governo que declare o estado de emergência de acordo com a Lei de Gestão de Crises “Esta é a única solução legislativa que temos sobre a mesa”, disse Babiš na noite de sexta-feira. O governo não pode se dar ao luxo de contornar a Câmara dos Deputados e declarar um novo estado de emergência, disse o primeiro-ministro o que alguns advogados constitucionais apontaram anteriormente. Segundo ele, a decisão deve ser tomada o mais tardar na manhã de domingo.

Os governadores das regiões da Morávia-Silésia, Pardubice, Ústí nad Labem ou Zlín que representam os partidos do governo desejam solicitar a declaração do estado de emergência. Os governadores dos partidos de oposição ainda aguardam o procedimento a ser escolhido pelo gabinete e pelo Ministério da Saúde e se preparam para declarar estado de perigo em suas regiões. Mas os governadores querem agir em uníssono, pois é uma decisão de fundamental importância.

Depois da reunião de sexta-feira com a região, o vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, Jan Hamáček (CSSD), disse que o enfraquecimento das medidas traria complicações para os cuidados de saúde e fortaleceria a epidemia. Com o fim da emergência, serão necessários mais 1.000 leitos de terapia intensiva e o risco de aumento da pandemia aumentará em 30 por cento, disse Babiš, referindo-se à informação do ministro da Saúde, Jan Blatný (para SIM) .


Source: České noviny – hlavní události by www.ceskenoviny.cz.

*The article has been translated based on the content of České noviny – hlavní události by www.ceskenoviny.cz. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!