Holandeses conquistam o ouro na Copa do Mundo em busca do ouro Patinagem no gelo

Ireen Wüst, Antoinette de Jong e Irene Schouten entraram em ação em nome da Holanda. Eles competiram com os patinadores canadenses Ivanie Blondin, Isabelle Weidemann e Valerie Maltais, com Fries Remmelt Eldering como técnico nacional.

O Japão, campeão olímpico e mundial na busca por mulheres, diminuiu sua participação na Copa do Mundo devido à crise da coroa. China e Coreia do Sul, entre outros, também não quiseram entrar na bolha da patinação na Frísia. A seleção japonesa feminina, comandada pelo bem-sucedido técnico da seleção Johan de Wit, também fez uma perseguição na sexta-feira em Nagano e terminou com o tempo de 2.57.27.

Táticas

Na segunda Copa do Mundo no final do mês passado em Heerenveen, a seleção canadense ainda venceu a seleção holandesa por quase 1 segundo (2,54,64 contra 2,55,58). Depois disso, o seleccionador nacional Jan Coopmans e os seus pilotos decidiram mudar de táctica, mais ou menos copiada do Canadá e da Noruega: menos revezamentos na frente e mais empurrões entre si, para se manterem à altura e no mesmo ritmo. Isso correu muito bem na corrida final, com Wüst e De Jong como líderes e Schouten como o motor a diesel.

“Mais vale tarde do que nunca”, argumentou Wüst, que indicou na preparação para o Mundial que a Holanda parou um pouco na perseguição. A pentacampeã olímpica, normalmente trabalhando em suas últimas distâncias no Mundial, participa deste evento desde 2007. Ela conquistou o sexto título mundial na modalidade na sexta-feira, além de seis medalhas de prata. Nos Jogos Olímpicos, o brabante de 34 anos uma vez conquistou o ouro (2014) e uma vez a prata (2018) em sua perseguição.

De Jong conquistou seu primeiro título mundial nos 3000 metros em Thialf na quinta-feira. Schouten conquistou o bronze nessa distância.

Equipe masculina também conquista ouro na perseguição em Thialf

Seguindo os passos da equipe feminina holandesa, a equipe masculina Orange também conquistou o ouro na corrida no vazio salão de patinação de Thialf. O atual campeão saiu vitorioso com o tempo de 3,41,42 minutos. O oponente Canadá terminou em segundo lugar com 3,41,71 e a Rússia levou o bronze com 3,42,66.

Patrick Roest, Marcel Bosker (ambos do Jumbo-Visma) e Beau Snellink (TalentNED) apareceram no gelo em nome da Holanda. Eles trabalharam juntos pela primeira vez em uma competição nesta parte.

Patrick Roest, Marcel Bosker (ambos do Jumbo-Visma) e Beau Snellink conquistaram o ouro pela Holanda

Patrick Roest, Marcel Bosker (ambos do Jumbo-Visma) e Beau Snellink conquistaram o ouro pela Holanda


Source: De Telegraaf by www.telegraaf.nl.

*The article has been translated based on the content of De Telegraaf by www.telegraaf.nl. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!