Hóquei no gelo: Kölner Haie venceu Bremerhaven por 3-2


No sexto jogo em casa na temporada 2020/21 DEL, o Kölner Haie comemorou sua segunda vitória na noite de sexta-feira, e uma vitória muito disputada.

Na Lanxess Arena, que ficou vazia devido à corona, a equipe do técnico Uwe Krupp derrotou o Fischtown Pinguins Bremerhaven por 3: 2 (0: 0, 3: 1, 0: 1). Depois que os profissionais do KEC lideraram por 3 a 0 no segundo terço, Bremerhaven chegou mais perto. Graças a um desempenho de equipe convincente, o Haie salvou a liderança estreita.

“No final foi um pouco mais apertado do que gostaríamos. Felizmente, conseguimos os três pontos. Nossa defesa melhorou recentemente ”, disse o artilheiro do KEC, Jon Matsumoto. O Haie perdeu o zagueiro Pascal Zerressen lesionado, de modo que Krupp teve seis defensores disponíveis. No primeiro terço sem gols, que o Haie enfrentou com grande concentração, eles criaram algumas boas chances. A melhor foi concedida aos 17 minutos pelo atacante Jason Akeson com um acerto na trave. Os convidados, que sentiram falta dos atacantes Ross Mauermann e Jan Urbas, já estavam na ofensiva. Justin Pogge no portão KEC não poderia ser enganado nesta fase.

O segundo terço começou com o primeiro golpe do Colônia no 14º jogo da temporada. O atacante do Haie Landon Ferraro fez um contra-ataque, seu primeiro chute deixou o goleiro convidado Tomas Pöpperle ricochetear, e o canadense marcou 1-0 (25º). A assistência foi dada por Pogge, que fez um passe longo. Matsumoto fez o 2-0 três minutos depois. Após um chute do zagueiro Jan Luca Sennhenn, o disco ricocheteou na goleira e o atacante do Colônia rebateu.

E faltando apenas dois minutos para o 3 a 0 cair, Zach Sill fez seu primeiro gol da temporada na segunda onda após um ataque via Lucas Dumont. Devido à falta de concentração, os tubarões foram atingidos quando estavam em menor número para 1: 3. Niklas derrotou Pogge com um golpe de backhand (37º), então Bremerhaven estava de volta ao jogo. No início da seção final, os convidados fizeram 2: 3, enquanto Pogge deslizava o disco pela escuna após um tiro de Tye McGinn (45º). Portanto, foi um jogo nervoso para o Colônia, Bremerhaven pressionou o empate. No entanto, os tubarões não cometeram mais erros graves – e assim trouxeram a liderança com o tempo.

Tubarões de Colônia: Pogge – Edwards, Ugbekile – Sennhenn, Mo. Müller – D. Tiffels, Gagné – Ferraro, Sill, Dumont – Ma. Müller, Sheppard, F. Tiffels – Akeson, Matsumoto, Barinka – Uvira, Zalewski, Köhler – Chrobot.

Espectador: Nenhum.

Juiz: Sobre, Schukies.

Minutos de penalização: Colônia 6 / Bremerhaven 6.

Rasgou: 1: 0 Ferraro (24:24), 2: 0 Matsumoto (27:26), 3: 0 Sill (29:31), 3: 1 Andersen (36:35), 3: 2 McGinn (44:11).


Source: Kölner Stadt-Anzeiger – Kölner Stadt-Anzeiger by www.ksta.de.

*The article has been translated based on the content of Kölner Stadt-Anzeiger – Kölner Stadt-Anzeiger by www.ksta.de. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!