HPE e Microsoft devem integrar tecnologia de IA ao ISS

Microsoft Y HPE se reúnem para integrar a tecnologia de inteligência artificial (IA) em Estação Espacial Internacional (EEI) por meio da plataforma de computação em nuvem Espaço Azure Microsoft e computador Spaceborne Computer-2, desenvolvido pela Hewlett-Packard Enterprise.

No próximo dia 20 de fevereiro o cargueiro Northrop Grumman Cygnus, lançado por um foguete Antares, levará o novo computador Spaceborne Computer-2 que também entregará toneladas de outros suprimentos, experimentos e alimentos para os astronautas da expedição 64 da estação. A missão de carga Cygnus NG-15 decolará das instalações de vôo Wallops da NASA em Wallops Island, Virginia.

HPE Spaceborne Computer-2
Imagem cortesia da Hewlett Packard Enterprise

HPE Spaceborne Computer-2

Este computador é baseado no sistema Edgeline Converged EL4000 Edge HPE e servidor HPE ProLiant DL360. Este computador pode receber e processar dados de uma ampla variedade de dispositivos, incluindo satélites e câmeras.

O Spaceborne Computer-2 integra unidades de processamento gráfico (GPUs) para processar dados com uso intenso de imagens de forma eficiente, o que requer resolução de imagem mais alta. As GPUs também são usadas em projetos específicos que usam inteligência artificial e técnicas de aprendizado de máquina.

Este computador também elimina latência e tempos de espera mais longos, todos associados ao envio de dados de e para a Terra. Isso permite que os astronautas realizem pesquisas imediatamente e obtenham informações para uma ampla variedade de projetos.

De acordo com uma declaração conjunta de Microsoft Y HPEAlguns dos projetos de pesquisadores de todo o mundo que vão abordar com este computador são o cultivo de plantas no espaço, o modelador de tempestades de poeira na Terra, que pode ajudar no planejamento da futura missão ao planeta Marte, análise de relâmpagos padrões de ataque que desencadeiam incêndios florestais e realizam imagens de ultrassom médico para o atendimento de saúde dos astronautas que trabalham no Estação Espacial Internacional.

Em projetos como os mencionados no parágrafo anterior, a IA e, especialmente, o aprendizado de máquina cumprem uma missão muito importante e permitem que o Spaceborne Computer-2 tome decisões com base nos dados que recebe. Além disso, essa tecnologia de IA pode realizar tarefas de dados que são repetitivas, para que os astronautas não tenham que lidar com isso o tempo todo e tenham mais tempo para se concentrar em outras tarefas.

Siga-nos no Twitter @Geeksroom e não perca todas as novidades, cursos gratuitos e outros artigos. Você também pode nos seguir através de nosso canal do Youtube para ver nossos vídeos e através Instagram para ver nossas imagens!

Source: Geeks Room by feedproxy.google.com.

*The article has been translated based on the content of Geeks Room by feedproxy.google.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!