Ikea aumenta preços em nove por cento devido a problemas de abastecimento

31.12.2021. / 10:30

ESTOCOLMO – A fabricante sueca de móveis Ikea aumentará os preços em média nove por cento no próximo ano devido a constantes interrupções no abastecimento e transporte, disse a empresa que administra a maior parte das lojas deste gigante sueco.

FOTO: Pixabay

A escassez pandêmica e os desafios dos transportes estão aumentando a inflação e diminuindo as economias em todo o mundo, e os consumidores estão sentindo cada vez mais os efeitos.

“Como muitas outras indústrias, a Ikea continua enfrentando restrições significativas no transporte e nas matérias-primas que aumentam os custos, sem possíveis interrupções no futuro previsível.”, consta do anúncio da holding “Grupo Ingka”, que detém 90% das lojas “Ikea”.

Esses custos mais elevados, que são sentidos principalmente na América do Norte e na Europa, agora terão que ser repassados ​​aos clientes.

“O aumento médio no ‘Grupo Ingka’ é de cerca de nove por cento globalmente, com variações nos países e escala do ‘Grupo Ingka’, refletindo pressões inflacionárias localizadas, incluindo commodities e problemas na cadeia de abastecimento”, disse a holding em um comunicado.

Segundo a empresa, o franqueador “Ikea” “Grupo Inter Ikea” absorveu custos no valor de 250 milhões de euros durante o ano de 2021 devido a estas tensões logísticas, que foram agravadas pelo retorno da procura após a primeira fase da pandemia.

No mês passado, o Inter Ikea Group relatou uma queda de 17 por cento nos lucros anuais, atribuída a um forte aumento nos preços de transporte e matérias-primas.

Os preços do transporte de contêineres estão em um nível recorde após a eclosão da pandemia, que interrompeu a logística marítima.

Ao mesmo tempo, o franqueador responsável pela maior varejista de móveis do mundo relatou vendas mais altas no ano de 25,6 bilhões de euros, um aumento de 8%.

No entanto, o salto global nos preços da energia, a estagnação da cadeia de abastecimento e a demanda crescente causaram uma inflação desesperadora.

Na zona do euro, a inflação atingiu 4,9% em um ano em novembro, um nível recorde desde a introdução da moeda única europeia em 1999.

Nos EUA, os preços aumentaram 6,8 por cento no mês passado em comparação com novembro de 2020, que é o nível mais alto dos últimos 39 anos, de acordo com a AFP. Veado


Source: Capital.ba – Informacija je capital by www.capital.ba.

*The article has been translated based on the content of Capital.ba – Informacija je capital by www.capital.ba. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!