Justin Timberlake pede desculpas a Britney Spears, quase 20 anos depois

LUCY NICHOLSON / AFP

Britney Spears e Justin Timberlake, aqui em Los Angeles, Estados Unidos, em 8 de janeiro de 2002.

PEOPLE – O cantor americano Justin Timberlake pediu desculpas à cantora Britney Spears na sexta-feira, 12 de fevereiro, quase 20 anos após o rompimento, em um documentário que o acusa de manipular este episódio para ganhar a simpatia do público.

No documentário “Framing Britney Spears” (Britney Spears trancada), produzido por New York Times e transmitido no canal a cabo FX e na plataforma Hulu, várias testemunhas dizem que Justin Timberlake usou seu rompimento com Britney Spears em 2002 para lançar sua carreira solo.

Ele deixou vários meios de comunicação acusarem Britney Spears de tê-lo traído e depois rompido com ele de forma brutal, sem fazer declarações públicas sobre o assunto. As testemunhas recordam que ele apresentou o título “Cry Me a River” como diretamente inspirado no seu rompimento, após quatro anos de relacionamento amoroso (1998-2002).

A letra da música evoca claramente um homem sendo traído por sua ex-namorada e, para apoiar o ponto, o vídeo apresenta uma mulher que se parece com Britney Spears e cujo rosto você não pode ver bem.

Em uma mensagem postada nesta sexta-feira no Instagram, a mais recente quarentona pede desculpas a Britney Spears, assim como a Janet Jackson.

A seqüência histórica do Super Bowl de 2004

Enquanto realizava um dueto com a irmã de Michael Jackson no intervalo do Super Bowl, em 1º de fevereiro de 2004, a ex-Boys Band NSYNC havia rasgado, ao vivo, um boné de sutiã do cantor, revelando um seio e chocando um país inteiro.

A sequência desencadeou um terremoto e afetou de forma permanente a carreira de Janet Jackson, muito mais do que a de Justin Timberlake.

“Eu me importo com essas duas mulheres, eu as respeito e sei que não fiz o que deveria ter feito”, escreveu a cantora nascida em Memphis.

“Sinto muito por aqueles momentos da minha vida em que minhas ações contribuíram para o problema, onde monopolizei o chão, onde não falei sobre o que era certo”, Justin Timberlake continuou hoje. casado com a atriz Jessica Biel.

“Sei que falhei naqueles tempos, como em muitos outros”, escreveu ele, “e que me beneficiei de um sistema que promove a misoginia e o racismo”.

Também para ver certo The HuffPost: Britney Spears preocupa os fãs (de novo) com o vídeo de suas resoluções para 2021


Source: Le Huffington Post by www.huffingtonpost.fr.

*The article has been translated based on the content of Le Huffington Post by www.huffingtonpost.fr. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!