lançamentos escalonados e prioridade para PS5 – MuyComputer

É fato, a Sony mantém seu compromisso de trazer os exclusivos do PS5 para o PC. Esse movimento tem uma explicação, e não é outra senão o dinheiro. Desenvolver jogos está ficando cada vez mais caro e, para aproveitar ao máximo os investimentos feitos a empresa nipónica prevê recorrer a estas adaptações para PC.

Trazer os exclusivos do PlayStation para o PC é bom para a Sony do ponto de vista econômico, mas tem um lado negativo, que no final os usuários do referido console eles perdem aquela exclusividade que diferenciava sua plataformae eles descobrem que seus jogos favoritos estarão disponíveis para jogadores de PC.

Para minimizar o descontentamento que isso gera entre os fãs do PlayStation e, especialmente, entre os usuários do PS5, o CEO da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, confirmou em entrevista que a chegada das adaptações de jogos exclusivos para PC vai continuar uma ordem escalonadae que isso será bastante marcado.

portas de PS5 para PC

No final das contas, a ideia avançada pelo executivo é muito simples, já que ele literalmente disse que os fãs são a favor de um atraso entre dois e três anos, e deu a entender que esse pode ser o quadro geral que a Sony irá seguir. Isso significa que quando um exclusivo é lançado no PS5 Levará pelo menos dois anos para ser portado para o PC.

Isso poderia se tornar a regra geral, mas no final é claro que nada impediria a Sony de ajustar sua estratégia com base em suas necessidades e na realidade do próprio mercado. Nesse sentido, é importante destacar que, em geral, a maioria das adaptações dos atuais títulos de PS4 e PS5 para compatíveis foram feitas com uma diferença de tempo média de dois anos.

Dar aos jogadores de PS4 e PS5 uma exclusividade de dois anos é, obviamente, uma vantagem importante. Poderíamos pensar que isso acabaria afetando negativamente as vendas das portas de PC devido ao tempo decorrido, mas nada poderia estar mais longe da verdade, ou seja, no final, eles são jogos muito desejados e a maioria dos jogadores de PC não Não me importo de esperar.

O que é preocupante é o infeliz acabamento técnico em que algumas dessas portas chegam ao PC, e The Last of Us Part I é um dos exemplos mais recentes. Este jogo nunca foi pensado para chegar ao mercado nesse estado, e apesar de todos os patches que recebeu ainda está dando sérios problemas.


Source: MuyComputer by www.muycomputer.com.

*The article has been translated based on the content of MuyComputer by www.muycomputer.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!