LinkedIn na China termina pc.sk

A Microsoft está fechando um serviço conhecido na China LinkedIn. Isso acontece após cerca de 7 anos de funcionamento, o portal será substituído por uma versão mais simples chamada InJobs. A Microsoft comprou a rede social LinkedIn em 2016 e é bem conhecida no campo de busca de novas oportunidades de trabalho e contatos.

O LinkedIn era a única grande rede social de propriedade dos Estados Unidos operando na China. No entanto, o governo local define regras rígidas para essas plataformas. O LinkedIn também menciona isso em uma postagem de blog. A operação de tal rede social é significativamente mais exigente do que em outros países.

Devido a restrições de determinados conteúdos que também faziam parte do LinkedIn, um novo serviço com funcionalidades mais limitadas, chamado InJobs, será lançado. Ele se concentrará apenas em ofertas de emprego, portanto, não conterá outras funções, como compartilhamento de artigos, postagens, etc.

Fonte: Reuters


Source: Technológie by pc.zoznam.sk.

*The article has been translated based on the content of Technológie by pc.zoznam.sk. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!