Mais de 1.000 pessoas foram despejadas de suas casas e dois bombeiros ficaram feridos pelo incêndio em Bejís

A direção do incêndio florestal em Bejís (Castellón) propôs uma mudança “absoluta” na estratégia de combate ao incêndio, que continua avançando sem controle, devido às complicações causadas pelo vento. As próximas horas serão “muito complicadas”, podendo ocorrer mais despejos, embora de momento “não sejam considerados”.

“Não podemos fazer mais nada, a única coisa é tentar concentrar-nos na proteção das pessoas”, o presidente da Generalitat, Ximo Puig, que visitou esta tarde o posto de comando avançado que se mudou para o município de Live. O incêndio declarado no meio da tarde de segunda-feira também obrigou os municípios de Teresa, Torás e Bejís a evacuar preventivamente. No total, mais de 1.000 pessoas foram despejadas e dois bombeiros ficaram feridos esta tarde durante os trabalhos de extinção.

Precisamente, face ao avanço das chamas e após avaliação da situação, a equipa de gestão de incêndios propôs uma mudança “absoluta” na estratégia para enfrentar “o horizonte mais próximo”, assente numa “hierarquização de ações: primeiro, as pessoas e os bombeiros “Não podemos ter mais infortúnios neste momento”, disse o chefe do Consell, que insistiu: “Proteger as pessoas é a maior prioridade”.

Puig, que qualificou a situação como “extraordinária, complicada e muito difícil”, mostrou-se “muito preocupado” com a evolução do incêndio e defendeu que a premissa fundamental neste momento é “preservar as pessoas”, que são o ” Elemento básico”.

Foi nas últimas horas que a situação se agravou. De facto, garantiu Puig, esta manhã “estava definido e a estratégia estava a funcionar”, mas houve uma “mudança disruptiva” devido ao vento, que obrigou ao despejo dos municípios de Teresa, Torás e a própria Bejís. Apesar disso, não estão sendo considerados mais despejos, indicou o chefe do Consell.

Assim, o fogo “parecia” evoluir “seguindo a estratégia” mas a mudança de vento acelerou a velocidade do fogo, como explicou o presidente da Generalitat, que indicou que para esta noite a previsão é que o fogo diminua vento, embora a situação continue a ser “complexa”. “Esta manhã pensamos que o vento ia mudar e foi o contrário”, explicou.

Despejos “oportunos”

Aliás, às 21h00 foi convocada uma reunião com todos os autarcas da zona, “além dos directamente afectados” para “tomar conhecimento de como vai evoluir o incêndio”. De qualquer forma, Puig indicou que “decisões apropriadas” serão tomadas, ações serão tomadas de acordo com a evolução do incêndio e despejos “que sejam apropriados” poderão ocorrer, embora neste momento “não haja necessidade de fazê-lo “.

Questionado sobre o perímetro do incêndio, Puig assegurou que mudou “absolutamente” e agora “não podemos falar de hectares”, porque “vai ser muito mais do que os 800 esta manhã”. “O fogo – continuou – continua a consumir a massa florestal. É um grande infortúnio, mas o pior infortúnio seria se afetasse as pessoas. Não podemos fazer mais nada, a única coisa é tentar nos concentrar em proteger as pessoas.”

Melhorar a situação do tempo

No entanto, indicou que, com base nas previsões, os técnicos antecipam que para esta quarta-feira “parece que poderá haver uma alteração da situação meteorológica” com uma melhoria da mesma. “Mas temos horas muito difíceis pela frente”, sublinhou.

Em todo o caso, pediu à população “máxima prudência” e que sigam “o que dizem as autoridades”, apelou a “mantenha a calma” apesar de o actual ser um momento “muito difícil” e elogiou a “grande esforço” das equipes de bombeiros.

Puig partilhou com os autarcas dos municípios atingidos a situação de “incerteza” das próximas horas e a “triste absoluta” que o incêndio “acabou com uma parte do património natural”. “Serão horas muito complicadas”, insistiu Puig, que apelou para “manter a calma”.


Source: ElDiario.es – ElDiario.es by www.eldiario.es.

*The article has been translated based on the content of ElDiario.es – ElDiario.es by www.eldiario.es. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!