Martin na pole em Valência à frente de Bagnaia e Miller, Rossi décimo na última qualificação


Toda a primeira linha da Ducati em Valência, o último GP da temporada. E é pôquer Jorge martin. O piloto da Ducati Pramac no GP de Valência consegue a sua quarta pole da temporada com um desempenho extraordinário. Com o tempo de 1: 29,936 o espanhol precede a Desmosedici da equipe oficial, com Francesco Bagnaia segundo a 0,064 e Jack Miller terceiro a 0,389: na corrida para perseguir a liderança, os dois pilotos no vermelho, no entanto, escorregam inofensivamente na parte final da sessão. Valentino Rossi fecha a última qualificação de sua carreira com a 10ª vez.

Bagnaia conduz Rossi: “É o mínimo que posso fazer”

Sábado a ser enquadrado pela Ducati na Tormo de Valência, com um magnífico hat-trick na primeira linha antes do último GP da temporada. Segundo lugar na grelha de partida para Francesco Bagnaia, que não esconde que preferia a pole: «Eu teria preferido a pole, estou feliz de qualquer forma e o Martìn esteve muito bem. Não consigo fazer a volta perfeita e não percebo porquê, mas fizemos um excelente trabalho e estou feliz por isso ». Bagnaia também trouxe Valentino Rossi atrás de si para o ajudar a obter uma melhor posição na grelha: «Não muito e fui atingido, ele entrou no meu túnel de ar. Rebocá-lo é o mínimo que posso fazer, se o puder ajudar farei sempre ».

Rossi: “Ótimo sábado para mim e para a equipe”

Décimo lugar para Valentino Rossi, que larga da quarta linha do último GP da sua carreira no MotoGP: «Para mim e para a equipa foi um grande sábado. Desde a manhã tenho sentido melhores sensações no selim, com a afinação e com os pneus. Consegui ir direto para o segundo trimestre e isso mudou tudo, então o FP4 não foi mal. Finalmente, na qualificação, melhorei o meu tempo e terminei mais uma vez no top 10, aliás perto da melhor Yamaha ».

«É uma sensação muito boa para mim e para toda a garagem na última corrida. Além do momento emocionante, é importante poder fazer uma boa corrida. Pecco me ajudou e estou feliz. Não tínhamos decidido uma estratégia de verdade juntos, mas eu saí atrás dele, ele me viu e continuou empurrando. Eu agradeço a ele. Depois ele caiu, mas para mim a qualificação acabou mesmo assim, só consegui dar o meu melhor na primeira volta. Talvez pudesse ter feito um pouco melhor, mas esse é o meu potencial ».


Source: RSS DiariodelWeb.it Sport by www.diariodelweb.it.

*The article has been translated based on the content of RSS DiariodelWeb.it Sport by www.diariodelweb.it. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!