Menos caos foi causado pelo desligamento do sistema digital de identificação de vacinas na Inglaterra

O sistema de identificação digital da vacina COVID-19, operado pelo Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra, ficou indisponível a partir de quase quatro horas da noite de quarta-feira no horário local, causando menos caos, principalmente nos aeroportos.

O cartão de identificação digital da vacina é uma forma conveniente e eficaz de comprovar a vacinação durante uma pandemia global, mas apresenta alguns riscos se a população depender demais dos sistemas que os atendem. Pelo menos um bom exemplo disso foi a falha de ontem dos sistemas de fundo do Serviço Nacional de Saúde Inglês (aproximadamente o equivalente ao Centro Nacional Húngaro de Saúde Pública).

Atualizações da Deutsche Telekom IT Solutions com a cultura corporativa da AWS (x)

A empresa com quase 5.000 funcionários na Hungria está passando por uma grande mudança interna.

Atualizações da Deutsche Telekom IT Solutions com a cultura corporativa da AWS (x) A empresa com quase 5.000 funcionários na Hungria está passando por uma grande mudança interna.

No Reino Unido, os servidores do NHS fornecem o cartão de identificação de vacina digital, que de outra forma é bastante popular no país, então um número significativamente maior de pessoas o usa para provar a vacinação do que um cartão de identificação em papel (não há cartão de segurança de plástico na Hungria semelhante ao Um húngaro). No entanto, os sistemas back-end não conseguiram atender às solicitações de clientes de smartphones entre 11h45 e 15h15 de ontem, causando menos caos no tráfego, principalmente no tráfego aéreo internacional.

UMA Reportagem da BBC De acordo com o sistema do NHS, devido ao desligamento do sistema do NHS, vários passageiros ficaram presos nos principais aeroportos internacionais por não poderem fornecer prova confiável de vacinação. As companhias aéreas lidaram com o problema de forma diferente, então houve quem recebesse a oferta de uma passagem para um vôo posterior se realizassem um teste PCR no local, mas os passageiros também relataram um caso em que foram recusados ​​no check-in por não terem podido provar sua vacinação.

Embora o aplicativo do NHS possa armazenar dados de vacinação off-line por 30 dias, ou a ID possa ser inserida na Carteira da Apple, essas opções não são ativadas por padrão, então a maioria só pode recuperar dados do aplicativo se tiver uma conexão ativa com a Internet e um infraestrutura de trabalho.


Source: HWSW Informatikai Hírmagazin by www.hwsw.hu.

*The article has been translated based on the content of HWSW Informatikai Hírmagazin by www.hwsw.hu. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!