Mudanças climáticas afetarão significativamente a escolha dos anfitriões olímpicos, segundo o estudo – Humano – Ciência e Tecnologia

Até o final deste século, o número de assentos elegíveis para os Jogos Olímpicos de Inverno (Jogos Olímpicos) cairá drasticamente, a menos que a humanidade reduza drasticamente as emissões globais de gases de efeito estufa, de acordo com um estudo da Universidade de Waterloo, no Canadá.

Sapporo no Japão é o único dos 21 Jogos Olímpicos que poderia organizar o evento em condições justas e seguras no final do século 21, segundo uma equipe internacional de cientistas. Ele examinou os registros climáticos da década de 1920, bem como previsões baseadas nas tendências climáticas atuais.

O clima instável pode excluir conhecidos resorts de inverno, como São Petersburgo, do concurso para a organização dos Jogos Olímpicos em meados deste século. Moritz na Suíça ou Lillehammer na Noruega.

Leia também OMM: O ano de 2021 ficou entre os sete mais quentes da história das medições

As temperaturas médias diárias de fevereiro nas 21 cidades aumentaram de 0,4 graus Celsius na década de 1920 a 1950 para 3,1 graus em 1960-1999 e para 6,3 graus no século 21.

“Se continuarmos a tendência atual, Sapporo será o único lugar amigo do clima (para os Jogos Olímpicos) no final deste século”, disse o professor Daniel Scott, da Universidade de Waterloo. Sapporo sediou os Jogos Olímpicos em 1972.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) trabalha há algum tempo nas mudanças climáticas – em 2014, decidiu que a sustentabilidade era o terceiro pilar do olimpismo. Além disso, de acordo com o estudo, o COI tem as metas climáticas mais ambiciosas de qualquer organização esportiva do mundo.

O comitê anunciou no ano passado que queria que os Jogos Olímpicos fossem não apenas neutros para o clima, mas também “positivos para o clima” até 2024. O COI quer atingir essa meta reduzindo suas emissões diretas e indiretas em 30%. Além disso, a partir de 2030, o comitê exigirá que as cidades-sede sejam positivas para o clima de maneira juridicamente vinculativa.

Mar / Oceano / surfistas / surf / onda / ondas / Leia também Temperaturas oceânicas também subiram em 2021

Os pesquisadores também realizaram uma pesquisa entre atletas e treinadores. Eles descobriram que 89% deles sentiram que as mudanças climáticas afetam a competição e 94% temem que as mudanças climáticas afetem o desenvolvimento futuro de seu esporte.

Além disso, os autores do estudo concluíram que temperaturas mais altas e condições de neve ruins são parcialmente responsáveis ​​pelo crescente número de lesões nos esportes de inverno. Nos últimos três Jogos Olímpicos, até 55% mais atletas se machucaram durante o snowboard, esqui alpino e disciplinas acrobáticas do que nos jogos anteriores.


Source: Pravda – Veda a technika by vat.pravda.sk.

*The article has been translated based on the content of Pravda – Veda a technika by vat.pravda.sk. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!