Multas de mais de 2,8 milhões de leus aplicadas pelos fiscais da ANPC após os controles durante as férias de inverno. As principais irregularidades encontradas FOTO


Quinta-feira, 30 de dezembro de 2021, 17:33

246 leituras

A Autoridade Nacional de Defesa do Consumidor (ANPC) comunicou quinta-feira, 30 de dezembro, que no âmbito do Comando de Inverno 2021, foram verificados em dez 543 operadores económicos da área dos bens e serviços alimentares, bem como os dedicados ao alojamento e serviços conexos dias. turismo de montanha.

O comando de inverno foi criado para prevenir e combater práticas que prejudicam a vida, a saúde, a segurança e os interesses econômicos dos consumidores em férias em resorts na Romênia durante as férias de inverno, disse a instituição.

Após as ações de controle interrompidas, os comissários da ANPC solicitaram:

– 398 multas, no valor de aproximadamente 2,8 milhões de leus

– 310 avisos

– 55 medidas para suspender temporariamente a prestação do serviço até que as deficiências sejam sanadas

– proposta de suspensão da atividade por até 6 meses.

As principais irregularidades encontradas

– falta de autorização de funcionamento para alguns dos serviços prestados

comercialização ou uso de matéria-prima com data de durabilidade mínima ultrapassada

– alterar o estado térmico dos produtos

– a utilização, no distrito com vitrines assistidas – de vitrines refrigeradas anti-higiênicas, cujas bandejas continham vestígios de restos de comida, manchas e líquido de vazamento de produto

– uso de vitrines refrigeradas que continham ventiladores com depósitos ou uma espessa camada de poeira na grade de proteção, vestígios de mofo e ferrugem

– venda de hortaliças – frutas com alterações organolépticas, choque mecânico, manchas, desidratação, consistência mole, imprópria para alimentação humana

– utilização de espaços frios insalubres, com vestígios de restos de comida colados em bandejas de aço inoxidável, superfícies enferrujadas, vestígios de insetos

– nenhuma menção a alérgenos nas listas do menu ou exibição do peso das porções em alguns estabelecimentos de alimentação

– falta de verificações metrológicas nos instrumentos de medição usados

– falta de rótulos em alguns alimentos

– desvios da rotulagem do produto, com o objetivo de criar confusão ou desinformar o consumidor sobre os produtos

– uso de utensílios de cozinha danificados ou não profissionais

falta de exibição de preços de hospedagem

– o uso de roupa de cama, colchões e outros acessórios, anti-higiênicos ou danificados, nas acomodações

– falta de informação necessária aos turistas no alojamento.


Source: Breaking News – Cele mai importante stiri – Ziare.com by ziare.com.

*The article has been translated based on the content of Breaking News – Cele mai importante stiri – Ziare.com by ziare.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!