Número de mortos sobe para 58 na Flórida do furacão Ian, enquanto os esforços de resgate continuam

As autoridades da Flórida (EUA) informaram nesta segunda-feira de 58 mortes confirmadas devido à passagem do furacão Ian, que entrou no sudoeste do estado, onde equipes de emergência continuam em modo de busca e salvamento. A maioria dessas mortes deveu-se a afogamento ou parada cardíaca, e o número deve aumentar nas próximas horas e dias, segundo as autoridades deste estado durante uma entrevista coletiva liderada pelo diretor da Divisão de Gestão da Flórida ER , Kevin Guthrie.

Desde a semana passada, mais de 1.600 pessoas foram resgatadas em todo o estado, especialmente no Sudoeste, “marco zero” após a passagem de Ian, e no centro da cidade, onde muitas casas foram inundadas.

Órgãos federais e estaduais mantêm mil salva-vidas na área para trabalhos de resgate, principalmente nas ilhas barreira que continuam cortadas após a destruição de pistas e pontes, e onde se encontram serviços essenciais como água potável, redes telefônicas, internet e eletricidade.

Cinco dias depois que Ian atingiu Cayo Costa, no estado do sudoeste, com ventos de 150 mph, cerca de 600.000 pessoas na Flórida permanecem sem energia, embora Guthrie tenha estimado que a energia será quase restaurada até domingo. em sua totalidade, com exceção de casas e prédios com “danos catastróficos”.

Kevin Guthrie agradeceu aos mais de 43.000 trabalhadores que, logo após a passagem do furacão, conseguiram restabelecer a eletricidade a mais de dois milhões de pessoas.

Por sua vez, o coronel Gene Spaulding, do Escritório de Segurança Rodoviária e Veículos Motorizados da Flórida, declarou que cerca de 1.700 soldados dessa agência estão mobilizados e conseguiram limpar e colocar em operação quase 8.000 quilômetros de rodovias estaduais. “Continuamos a ver muitas estradas inundadas”, acrescentou.

As autoridades estão trabalhando com seus colegas do condado de Lee para reparar as pistas e restaurar o acesso terrestre a Pine Island, que fica perto de Cayo Costa e foi acessado pelos moradores por barco, hidrofólio ou ar.

Ray Murphy, prefeito da vizinha Fort Myers Beach, disse à NBC que as operações de busca e resgate continuarão nesta cidade devastada por mais dois dias, durante os quais a ponte de acesso que a conecta à ilha de San Carlos.

De acordo com o Florida Office of Insurance Regulation, US$ 474 milhões em danos de Ian já foram reclamados de seguradoras por meio de mais de 62.000 reclamações, a maioria para propriedades residenciais.

Guthrie indicou que as autoridades elaboraram um plano para que todos aqueles que estão em “abrigos de emergência” sejam posteriormente para um abrigo temporário, enquanto espera-se que muitas escolas no sudoeste, algumas das quais serviram como abrigos, possam retomar aulas esta semana.


Source: elDiario.es – elDiario.es by www.eldiario.es.

*The article has been translated based on the content of elDiario.es – elDiario.es by www.eldiario.es. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!