O estado vai custear a visita à casa do médico de família, mas não para todos os residentes

Foto: foto de imprensa

O Gabinete de Ministros planeja expandir o círculo de pessoas elegíveis para uma visita paga pelo Estado à casa de um médico de família.

As pessoas que vivem em instituições de assistência social de longo prazo e de reabilitação social geralmente correm maior risco. Entrar em contato com um centro médico, especialmente durante a pandemia de coronavírus, aumenta os riscos para a segurança epidemiológica não apenas para os pacientes, mas também para os profissionais de saúde.

Para proteger essas e outras pessoas, está previsto dar-lhes a possibilidade de uma visita domiciliar gratuita de um médico de família.

No futuro, o estado pagará por uma visita domiciliar do médico de família:

– para crianças;
– às pessoas com deficiência do primeiro grupo;
– para pessoas com mais de 80 anos;
– para aqueles que precisam de cuidados paliativos;
– para pessoas que precisam de ventilação artificial de longo prazo dos pulmões;
– a doente com gripe durante uma epidemia de gripe;
– para pessoas que morreram em casa (para declarar a morte).


Source: nasha.lv RSS by nasha.lv.

*The article has been translated based on the content of nasha.lv RSS by nasha.lv. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!