O ex-atleta olímpico dos EUA Klete Keller indiciado por acusações adicionais sobre motim no Capitólio


nós

https://cdn1.img.sputniknews.com/img/07e5/02/0d/1082059582_0:197:3200:1997_1200x675_80_0_0_a046b49454759f876a779c550bf01c99.jpg

Sputnik International

https://cdn2.img.sputniknews.com/i/logo.png

https://sputniknews.com/us/202102131082059612-former-us-olympian-klete-keller-indicted-on-additional-charges-over-capitol-riot/

O duas vezes medalhista de ouro olímpico Klete Keller foi anteriormente atingido por três acusações criminais por sua participação no motim mortal de 6 de janeiro no Capitólio, depois que o nadador campeão foi identificado em vídeo, vestindo sua jaqueta da Equipe Olímpica dos Estados Unidos.

Um grande júri retornou uma nova acusação contra Keller na quarta-feira, acertando o atleta com várias acusações adicionais sobre seu envolvimento no violento ataque ao Capitólio dos EUA por partidários de Trump, que resultou em cinco mortos.

O mais recente arquivamento indica que a nova acusação acusa Keller de sete infrações criminais, incluindo desordem civil, obstrução de um processo oficial, entrada e permanência em um prédio ou terreno restrito e conduta desordenada e perturbadora em um prédio ou terreno restrito, entre outras violações.

© REUTERS / Jane Rosenberg

A nadadora olímpica norte-americana Klete Keller aparece neste esboço de tribunal durante uma audiência virtual perante o juiz magistrado G. Michael Harvey em um tribunal do Distrito de Columbia em 22 de janeiro de 2021 por acusações relacionadas à invasão do Capitólio dos EUA em 6 de janeiro em Washington.

Keller foi anteriormente acusado por autoridades federais em janeiro de obstruir a aplicação da lei, entrada violenta e conduta desordenada, bem como entrar em um prédio restrito.

De acordo com Washington Post, promotores envolvidos no caso mais tarde pediram a um grande júri para considerar se as ações de Keller mereciam ou não acusações mais sérias, um pedido que foi feito em “muitos” casos relacionados ao motim no Capitólio.

Keller foi levado sob custódia pelas autoridades federais no mês passado depois de ser identificado em uma filmagem feita pelo repórter Julio Rosas. Keller foi relatado pela primeira vez como tendo se envolvido com o ataque ao Capitólio por SwimSwam, uma agência de notícias que cobre natação competitiva.

O ex-atleta olímpico, que participou dos Jogos de 2000, 2004 e 2008, foi libertado da custódia por meio de fiança. Desde então, ele voltou para sua casa em Colorado Springs, Colorado, depois de receber ordens para ficar longe de Washington DC, a menos que fosse para comparecimentos ao tribunal.


Source: Sputnik News – World News, Breaking News & Top Stories by sputniknews.com.

*The article has been translated based on the content of Sputnik News – World News, Breaking News & Top Stories by sputniknews.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!