O híbrido humano mais antigo conhecido é parte burro, parte burro selvagem

De mulas a ligres, a lista de animais híbridos feitos pelo homem é longa. E, ao que parece, antigo.

Conheça o kunga, o primeiro animal híbrido conhecido criado por pessoas. O antigo equino da Siro-Mesopotâmia existia há cerca de 4.500 anos e era um cruzamento entre um burro e um hemippe, um tipo de burro selvagem asiático, relatam pesquisadores em 14 de janeiro em Avanços da ciência.

Os cavalos não apareceram nesta região da Ásia até 4.000 anos atrás, séculos após sua domesticação na Rússia (SN: 20/10/21). Mas dezenas de esqueletos de equinos foram escavados no início dos anos 2000 de um complexo funerário real que remonta a 2600 aC em Umm el-Marra, no norte da Síria. Os animais, cujas características físicas não correspondiam a nenhuma espécie equina conhecida, parecem ser “kungas” – animais semelhantes a cavalos vistos em obras de arte e referenciados em tabuletas de argila que antecedem os cavalos por séculos.

“Eles eram altamente valorizados, muito caros”, diz a paleogeneticista Eva-Maria Geigl, do Institut Jacques Monod, em Paris.

Geigl e seus colegas analisaram o genoma de um kunga, ou livro de instruções genéticas, e o compararam com os de cavalos, burros e jumentos selvagens asiáticos, incluindo o hemippe.Equus hemionus hemipo), que está extinto desde 1929. A mãe do kunga era uma jumenta e seu pai um hemippe, tornando-se a evidência mais antiga de humanos criando animais híbridos. Uma mula de 1000 aC na Anatólia relatada pelo mesmo grupo de pesquisa em 2020 é a próximo híbrido mais antigo.

Geigl acha que os kungas foram criados para a guerra, pois podiam puxar carroças. Atrair burros para situações perigosas é difícil, diz ela, e nenhum burro selvagem asiático pode ser domado. Mas um híbrido poderia ter as características que as pessoas procuravam.

Cena em mosaico de um artefato sumério, mostrando kungas puxando carroças
Esta cena de mosaico em um artefato sumério, uma caixa de madeira apelidada de Padrão de Ur que retrata cenas de guerra, inclui imagens de kungas híbridos puxando carroças.agefotostock/Alamy Stock Photo

O coautor E. Andrew Bennett, paleogeneticista agora na Academia Chinesa de Ciências em Pequim, compara os kungas a “máquinas de guerra de bioengenharia”. Mas com o enigma de como os kungas foram feitos sendo resolvido um século depois que o último hemippe pereceu, “é impossível fazer esses animais novamente”.


Source: Science News by www.sciencenews.org.

*The article has been translated based on the content of Science News by www.sciencenews.org. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!