O Microlino elétrico de dois lugares entra em produção em série com autonomia de 200 quilômetros

Micro, a marca suíça mais conhecida por criar a primeira scooter elétrica dobrável de alumínio da década de 1990, está se preparando para iniciar a produção de um carro elétrico urbano compacto inspirado no famoso Isetta.

A empresa afirma que em média 1,2 pessoas dirigem automóveis e que a distância média diária percorrida é de apenas 35 quilômetros. O que significa? Isso significa que os carros convencionais são grandes demais para 95% da exploração. Por outro lado, Microlino oferece uma “combinação ideal” entre motocicletas e automóveis. Este biplace foi desenvolvido a pensar nisto para oferecer o espaço de que realmente necessita, assim como autonomia e performance de acordo com o que dizem as estatísticas.

Assim, este veículo urbano oferece espaço suficiente para “dois adultos e três engradados de cerveja”, pesa apenas 513 quilos e pode “rodar” até 90 km / h.

Apesar das dimensões “diminutas”, o Microlino proporciona uma autonomia bastante sólida – 125 quilómetros, que é mais que o Renault Twizy de tamanho semelhante, ou 200 quilómetros, dependendo de qual das duas baterias disponíveis possui. Os detalhes exatos não são conhecidos, mas Micro diz que a bateria pode ser carregada em quatro horas quando o veículo é conectado a uma porta doméstica.

Assim como o Isetta, no qual se inspirou em termos de estilo, o Microlino tem uma porta que se abre na frente, o que significa que pode ser estacionado em uma vaga apertada sem representar um problema para os passageiros saírem do veículo. No entanto, a coluna de direção, ao contrário do Isetta, é fixada ao chão.

Para manter o preço baixo, o cockpit Microlina é simples e minimalista, exceto por um display digital que lê as principais informações. Em vez de um sistema de áudio integrado, o painel tem uma barra horizontal na qual telefones ou alto-falantes sem fio podem ser conectados.

Com preços preliminares a partir de cerca de 12.000 euros na Europa, está posicionada para competir com o Citroen Ami One. É também muito provável que seja oferecido para vários serviços de compartilhamento de transporte, de maneira semelhante ao novo Mobilize EZ de dois lugares da Renault.

O primeiro protótipo foi concluído em 2018, mas o novo Microlino 2.0 está muito mais próximo do modelo de produção. Enquanto o antecessor possuía uma estrutura tubular simples, o 2.0 foi construído sobre um monocoque de aço prensado e alumínio, o que melhora significativamente a rigidez do chassi, sem pagar penalidades na forma de peso adicional. A parte traseira é cerca de 50 por cento mais larga para melhor estabilidade.

Protótipos adicionais seguirão a partir de março, com o processo de homologação começando no início de junho. A Micro prevê que a aprovação da UE será obtida em agosto, antes do início da produção em série em setembro.

Pneus Quentes


Source: Vrele gume by vrelegume.rs.

*The article has been translated based on the content of Vrele gume by vrelegume.rs. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!