O primeiro lote de autoteste do antígeno SARS-CoV-2 por três milhões de euros será entregue pelo Laboratório Express / Dia


A informação de “Firmas.lv” mostra que o comerciante de produtos médicos “Express Laboratory” pertence a Tomas Binds, Jelena Putviķe e Sergei Lebedev, um cidadão russo. Os dados sobre o volume de negócios da empresa e lucro de “Firmas.lv” nos últimos anos não são visíveis.

Em 9 de novembro, a VALIC anunciou consulta de preços para fornecimento de autotestes de acordo com especificação técnica elaborada pelo Ministério da Saúde. No total, foram recebidas 30 propostas.

Após avaliação das propostas apresentadas, decidiu-se pela celebração de um acordo geral com cinco licitantes – “Laboratório Expresso”, “Breve”, “Defesa ADDO”, “A-birojs” e “A.Medical”.

Os preços propostos por estes proponentes para a entrega de quatro milhões de provas são de 0,75-1,25 euros por prova, sendo as entregas neste valor no prazo de cinco a 20 dias úteis a contar da data de celebração do contrato.

O prazo de entrega planejado para o primeiro lote de quatro milhões de testes é de cinco dias úteis, e o vencedor desta aquisição é o “Laboratório Expresso”. O valor total do contrato é de três milhões de euros sem imposto sobre o valor acrescentado.

Caso seja decidido aumentar o número de provas a adquirir, será determinado um novo vencedor entre os cinco licitantes para a entrega dos próximos lotes de provas.

Já foi relatado que a partir de 6 de dezembro, Covid-19 precisará ser testado duas vezes por semana, semanalmente, quando o contato com outros funcionários, destinatários ou visitantes é necessário, usando autotestes para antígeno. declaração da situação.

O requisito se aplicará a todos os funcionários, vacinados e não vacinados com Covid-19.

Após a reunião do governo, o diretor da Chancelaria do Estado e chefe do Grupo de Gestão Operacional, Jānis Muudkovskis, disse a jornalistas que os testes seriam pagos pelo Estado.

Até 6 de dezembro, as autoridades competentes irão preparar os mecanismos de divulgação destes testes e outros detalhes práticos.

De acordo com estimativas preliminares, os testes podem custar à Letônia cerca de 14 a 15 milhões de euros por um período de oito semanas.


Source: Diena.lv by www.diena.lv.

*The article has been translated based on the content of Diena.lv by www.diena.lv. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!