Parlamento retirará o direito de reclamar sobre ilha artificial


Você quer ouvir mais?

Obtenha uma assinatura Digital Plus e ouça imediatamente.

mudar assinatura

Com Digital Plus você pode ouvir artigos. Você obtém acesso imediatamente.

A ilha de energia artificial a 100 quilômetros no Mar do Norte é tão importante para a transição verde que uma ampla maioria em Folketing retirará o direito dos cidadãos e organizações de reclamar do projeto.

Ele escreve Politiken.

Isso ocorre porque os políticos querem minimizar o risco de atrasos.

Portanto, o direito de apelar ao Conselho de Recursos de Alimentos e Meio Ambiente e ao Conselho de Recursos de Planejamento deve ser removido. A ilha não deve ser concluída até 2033.

Politiken escreve que esta é a primeira vez que a transição verde está sendo usada como um argumento para retirar o direito de reclamar sobre novos projetos.

A professora Ellen Margrethe Basse, que é advogada ambiental na Universidade de Aarhus, não gosta que Folketing retire o direito de apelação.

“É um costume. Tenho que dizer isso”, disse ela a Politiken.

“Os tribunais não estão habituados a processos ambientais complicados. Eles podem descobrir como lidar com eles, mas os comitês de apelação podem ir mais fundo e os casos devem ser informados de maneiras diferentes ”, diz ela.

A lista de unidades fez várias perguntas críticas sobre a falta de acesso à justiça. No entanto, “a Lista da Unidade aceita com hesitação o corte do direito de recurso”, segundo o Politiken, afirma o relatório do projeto.

O Ministro do Clima, Dan Jørgensen (S), diz que é necessário retirar o direito de reclamar.

“Cortar o acesso a indenizações é uma ferramenta necessária para limitar os riscos de excesso de custos e atrasos no projeto”, escreve Dan Jørgensen em uma resposta por escrito ao jornal.

Segundo o ministro, a ilha energética garante eletricidade verde suficiente nos contatos para atingir a meta climática.

Energiøen é o maior projeto de construção da história da Dinamarca. De acordo com o Ministério do Clima, Energia e Abastecimento, o projeto tem um investimento total de DKK 210 bilhões.

Isso corresponde a cerca de cinco pontes do Grande Cinturão ou cerca de quatro conexões Fehmarnbelt.

A ilha de energia é projetada como uma verdadeira ilha artificial. Ele irá coletar e distribuir a energia dos parques eólicos offshore próximos.

/ ritzau /


Source: www.berlingske.dk by www.berlingske.dk.

*The article has been translated based on the content of www.berlingske.dk by www.berlingske.dk. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!