Passaporte Verde em Israel, 23 de fevereiro


Por iniciativa do Ministério da Saúde de Jerusalém, com o consentimento do Primeiro Ministro Netanyahu e a “bênção” legal do Procurador-Geral Avichai Mandelblit, o Passaporte Verde entra em vigor em 23 de fevereiro na forma de um pedido por telefone.

(A cepa britânica altamente contagiosa de SARS-CoV-2 se tornou prevalente em Israel, estando presente em 90 por cento dos testados positivos. A boa notícia é que as vacinas Pfizer e Moderna são eficazes para essa cepa).

Somente aqueles com imunizações (vacinação pelo menos sete dias após o reforço e aqueles que já passaram pela Covid-19) terão acesso às academias, que abrirão em duas semanas; bem como quando shoppings, cafés e restaurantes serão reabertos. Os não imunizados terão que apresentar teste negativo realizado na entrada nas últimas 72 horas.

Há uma discussão intensa sobre quais ações devem ser tomadas no caso de professores que recusam a vacinação. Legal, nenhum. No entanto, eles podem ser solicitados a submeter um teste negativo a cada 48-72 horas (feito por conta própria ou não, nenhuma decisão foi tomada ainda).

Também foi proposto que as pessoas que se recusam a ser vacinadas e adoecem 19 vezes, tenham contato com um paciente e fiquem em quarentena em casa, para arcar com os custos da licença médica do próprio bolso, em vez do empregador. Tal iniciativa pressupõe que haja uma vacina para todos e, por último, mas não menos importante, uma alteração da legislação que, em vésperas de eleições antecipadas, dificilmente poderá ocupar o tempo dos políticos.

Para as notícias mais importantes do dia, transmitidas em tempo real e apresentadas de forma equidistante, LIKE nossa página do Facebook!

Segue Mediafax no Instagram para ver imagens e histórias espetaculares de todo o mundo!

O conteúdo do site www.mediafax.ro destina-se exclusivamente ao seu uso e informação pessoal. Isto é Proibido republicar o conteúdo deste site na ausência de um acordo da MEDIAFAX. Para obter este acordo, entre em contato conosco em [email protected]


Source: Mediafax by www.mediafax.ro.

*The article has been translated based on the content of Mediafax by www.mediafax.ro. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!