Pellegrini lamenta parte da oposição na onda anti-Vaxer – Página inicial – Notícias


O líder da Voz não parlamentar e membro não-inscrito do Conselho Nacional (NR) da República Eslovaca, Petr Pellegrini, lamenta que parte da oposição tenha “se precipitado na onda anti-eixo”. Ele acusa a coalizão governamental de que o caos e a má comunicação em suas medidas reduziram a credibilidade do próprio gabinete e dos regulamentos. Ele afirma que seu partido pediu adesão e vacinação desde o início da pandemia. Ele admitiu que as restrições aos não vacinados sobre eles podem ter um efeito maior do que a campanha, mas ele não se identifica com eles.

“A voz na vacinação nunca se afastou da retórica, nós a recomendamos desde o início, dizendo que nunca abandonamos nossa posição de que deve ser voluntária”, disse ele, pedindo a vacinação dos idosos e continuando a encorajar o cumprimento. Segundo ele, todos podem pensar em suas medidas, mas uma vez aplicadas, elas devem ser respeitadas.

Ele afirmou que a oposição era inconsistente nisso e lamentou que houvesse uma parte mais extrema. “Simplesmente veio ao nosso conhecimento então. Por outro lado, se tivéssemos um governo confiável em que as pessoas confiassem, seria capaz de lidar com um grupo tão pequeno de extremistas, eles não teriam uma voz tão forte, eles teriam não ser capaz de influenciar um número tão grande de pessoas. “

Questionado se não seria melhor se juntar à outra oposição e exigir prestação de contas, ele disse que não tinha certeza se concordaria com Smer-SD. Devido à situação de pandemia, o Hlas-SD não organizou protestos. “Certamente não acho que durante a segunda ou terceira onda vamos organizar eventos onde não há véu, onde milhares de pessoas estão em um só lugar e onde tudo está relacionado com a doença COVID-19 e medidas para que isso seja certo”. Ele declarou. que o Voice-SD deseja seguir o outro caminho.

Em resposta à pandemia, o vice-presidente do Voice, Richard Rashi, observou que o governo havia perdido o verão novamente. Ele também criticou as deficiências das vacinas no início do ano. “A campanha de vacinação é como se não fosse e o governo nem publicou, apesar dos apelos do partido, todas as informações verdadeiras sobre quantos vacinados e com quais vacinas deram para os hospitais, para ventilação, ou quantos morreram, “Rashi disse. Ele considerou a loteria de vacinas um desperdício de dinheiro.

Ele observou que, embora no início da pandemia o governo tivesse comprado quase 1.000 novos ventiladores de pulmão, estávamos no pico de capacidade com 380 pacientes ventilados. Ele vê o erro na falta de paramédicos e enfermeiras. Ele também criticou repetidamente os fundos insuficientes no orçamento do estado para o próximo ano para o capítulo de saúde. Ele também acusa o governo de que, embora uma lei tenha sido aprovada para criar “ambulâncias secretas” especiais, nenhuma delas surgiu.


Source: Pravda – Správy by spravy.pravda.sk.

*The article has been translated based on the content of Pravda – Správy by spravy.pravda.sk. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!