Qualcomm se opõe à compra da Arm pela NVIDIA

De acordo com informações de pessoas familiarizadas com o assunto, a fabricante de chips americana Qualcomm disse a reguladores em todo o mundo que se opõe à aquisição da fabricante britânica de chips Arm pela NVIDIA. Lembremos que o valor do negócio, já discutido há algum tempo, é de US $ 40 bilhões.

Qualcomm ® suas preocupações sobre a aquisição da Arm por NVIDIA relatou à Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos, à Comissão Europeia, à Concorrência e Administração de Mercado do Reino Unido e à Administração Estatal da China sobre questões de regulamentação de mercado. Como um lembrete, Arm é atualmente propriedade da gigante tecnológica japonesa SoftBank.

A investigação da FTC sobre o negócio entrou em uma segunda fase e o regulador pediu à SoftBank, NVIDIA e Arm mais detalhes. Segundo fontes familiarizadas com o assunto, esse pedido de informações pode levar vários meses para ser concluído, pois exige uma grande quantidade de papelada. Além disso, soube-se que, na segunda fase da investigação, a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos também ouvirá depoimentos de outras empresas que possam conter informações que possam influenciar a decisão.

Os reguladores, que a Qualcomm abordou com suas preocupações sobre o acordo entre a Arm e a NVIDIA, não comentaram sobre o apelo da fabricante de chips americana para eles. A NVIDIA, por outro lado, disse estar confiante de que os reguladores não verão nada além de benefícios com a aquisição da Arm. A própria Arm, assim como seu dono, a SoftBank, não comentou sua atitude em relação às tentativas da Qualcomm de interferir no negócio.

Lembre-se de que a Arm saiu da Acorn Computers em 1978. A empresa está atualmente desenvolvendo arquiteturas de processador e acelerador gráfico que são usadas em 95% de todos os smartphones fabricados no mundo. A Arm licenciou sua arquitetura proprietária para mais de 500 empresas em todo o mundo. A Qualcomm se opôs à aquisição da Arm pela NVIDIA porque acredita que isso irá restringir outros fabricantes, incluindo a própria Qualcomm, de acessar a Arm.

É importante notar que cinco fontes conceituadas do setor estão confiantes de que o negócio fracassará. Observe também que não apenas a Qualcomm é contra a venda da Arm. A startup de inteligência artificial Graphcore expressou preocupação com as implicações do acordo para a Concorrência e Administração de Mercado do Reino Unido, chamando-o de anticompetitivo e dizendo que restringirá o acesso da maioria das empresas ao desenvolvimento de processadores avançados.

Se notar um erro, selecione-o com o mouse e pressione CTRL + ENTER.


Source: 3DNews – все новости сайта by 3dnews.ru.

*The article has been translated based on the content of 3DNews – все новости сайта by 3dnews.ru. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!