Reconhecida como responsável pela falta de vigilância no processo Dépakine, a Sanofi apela

O arquivo Dépakine fica mais espesso. O tribunal judicial de Paris reconheceu, quarta-feira, 5 de janeiro, a responsabilidade da Sanofi sobre dois aspectos relativos ao uso desta droga-símbolo de especialidades à base de ácido valpróico. Destinado ao tratamento de epilepsia e transtornos bipolares, seu uso em mulheres grávidas teve consequências dramáticas em crianças nascidas. Entre 1967 e 2016, a prescrição de Depakine teria resultado em malformações congênitas em 2.150 a 4.100 crianças e distúrbios do neuro-desenvolvimento no caso de 16.000 a 30.000 crianças.

De acordo com o tribunal, a Sanofi-Aventis France primeiro “ cometeu uma falta ao não cumprir a sua obrigação de vigilância e de informar (…) sobre os medicamentos Dépakine, Micropakine, Dépakote, Dépakine Chrono e Dépamide “. O laboratório também é considerado culpado de ter” produziu e comercializou um produto defeituoso (…) para crianças expostas a partir de 22 de maio de 1998 sobre Dépakine, Micropakine, Dépakote, Dépakine Chrono e Dépamide ».

[…]

Este artigo é apenas para assinantes

SE INSCREVER

PARA LER MAIS

E acessar todos conteúdos e serviços do’ edição de assinante, apóie um jornalismo especializado!

O amanhã está sendo feito hoje!

Por meio de nossos arquivos, crônicas, pesquisas, casos práticos, … nossa redação especializada oferece a você o compartilhamento de experiências e depoimentos, e o orienta em suas análises e seleções de melhores práticas:

  • Inovações
  • Relocalisations / Made in France
  • Transições ecológicas e energéticas
  • Transformação digital

Source: UsineNouvelle – Actualités A la une by www.usinenouvelle.com.

*The article has been translated based on the content of UsineNouvelle – Actualités A la une by www.usinenouvelle.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!