Relatório: gerenciamento de acesso privilegiado ainda ausente em 80% das organizações

Quase 80% das organizações não implementaram – ou implementaram apenas parcialmente – um gerenciamento de acesso privilegiado solução.

Figura 1. Práticas de gerenciamento de acesso privilegiado implementadas por% dos entrevistados.  42% são responsáveis ​​pelo registro do uso de contas privilegiadas.  40% respondem por auditorias de contas privilegiadas.  39% são responsáveis ​​pelo monitoramento de comportamento anômalo.  37% são responsáveis ​​pela autenticação multifator para acesso privilegiado.  34% são responsáveis ​​pelo modelo em camadas para evitar o aumento de privilégios.  29% são responsáveis ​​por estações de trabalho dedicadas para ações administrativas.  23% são responsáveis ​​por soluções PAM automatizadas.

À medida que as organizações se tornam cada vez mais dependentes da Internet e ambientes técnicos em rede, elas enfrentam a necessidade de se defender contra ataques de ransomware em evolução.

Ataques iniciais de ransomware dados organizacionais principalmente direcionados; no entanto, os ataques estão progressivamente ultrapassando sistemas e redes, o que é especialmente problemático para a estabilidade da infraestrutura crítica.

Usando dados de 100 organizações em vários setores de infraestrutura crítica, os pesquisadores da Axio identificaram sete áreas principais onde as organizações são deficientes na implementação e manutenção de medidas básicas de segurança cibernética. Surpreendentemente, a descoberta mais preocupante foi uma falta generalizada de controles básicos sobre credenciais privilegiadas e acesso – quase 80% das organizações não implementaram ou implementaram apenas parcialmente o gerenciamento de acesso privilegiado.

Embora um elemento de exposição a ransomware seja devido a fatores fora do controle direto de uma organização, desde a falta de tecnologias suficientes para funcionários serem vítimas de esquemas de phishing, este relatório revela falhas comuns chocantes de práticas básicas de segurança cibernética e indica que melhorias altamente impactantes na proteção de ransomware pode ser obtido diretamente melhorando a higiene cibernética básica.

Leia o Relatório completo por Axio.

VentureBeat

A missão da VentureBeat é ser uma praça da cidade digital para que os tomadores de decisões técnicas obtenham conhecimento sobre a tecnologia transformadora e façam transações. Nosso site oferece informações essenciais sobre tecnologias de dados e estratégias para guiá-lo à medida que lidera suas organizações. Convidamos você a se tornar um membro de nossa comunidade, para acessar:
  • informações atualizadas sobre os assuntos de seu interesse
  • nossos boletins informativos
  • conteúdo de líder de pensamento fechado e acesso com desconto a nossos eventos premiados, como Transformar 2021: Saber mais
  • recursos de rede e muito mais
Torne-se um membro

Source: VentureBeat by feedproxy.google.com.

*The article has been translated based on the content of VentureBeat by feedproxy.google.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!