Renault 5, explicamos como o mito francês renasceu

Desde o anúncio do retorno do Renault 5 ao mercado, despertou o interesse de muitos fãs por este carro. O protótipo, apresentado em 14 de janeiro, anuncia o futuro herdeiro do modelo elétrico do R5. Deve ser dito que seu designer reinterpretando com brio o estilo original da versão de 1972 sem cair no retro, o protótipo ostenta o DNA imediatamente reconhecível do ancestral superculto.

Nicolas Garden, responsável pelo design externo do protótipo, revela a gênese do projeto: ‘Para o trabalho no protótipo, não recebemos um tema livre. Foi um trabalho de revisitar o objeto R5 e sua projeção no futuro, para torná-lo um objeto moderno ”.

Para redesenhar aqueles faróis maliciosos e luzes diurnas, começamos com as linhas, cantos e raios das molduras dianteiras do R5 original. Depois, com o desenvolvimento dos vários esboços, os faróis tornaram-se completamente diferentes em termos de proporções e design”.

Na versão final, trabalhada nos mínimos detalhes e bem cinzelados, os olhos sorriem e se estreitam levemente. Em vez disso, as luzes diurnas, que têm uma forma retangular voltada para baixo e são uma reminiscência dos faróis de neblina adicionais do passado, se encaixam em um para-choque da cor do corpo, como no início. ‘” O tratamento cristalino e tridimensional e o corte muito preciso lembram o corte a laser e remetem aos mundos da aerodinâmica e aeronáutica. ”

Renault 5 2021

Graças à introdução de processos ultramodernos foi possível reinventá-lo visual icônico do R5. Especialmente a tecnologia de matriz LED, que permite integrar o movimento programando animações para dar vida aos faróis. Um exemplo eloquente é a sequência de boas-vindas. O novo logotipo do veículo acende e inicia uma animação que se estende até a grade. Em seguida, os faróis ganham vida como se o veículo estivesse piscando.

‘Graças à tecnologia de matriz e às animações da sequência de boas-vindas, fomos capazes de recriar a expressão viva e despreocupada do visual do carro original. Para ser o herdeiro digno do R5, era necessário que o carro se tornasse expressivo e cheio de vida. A empresa teve sucesso com este protótipo, um verdadeiro objeto de design moderno, a encarnação da joie de vivre típica da Renault ‘‘, ha concluindo Nicolas Jardin.


Source: Virgilio Motori by motori.virgilio.it.

*The article has been translated based on the content of Virgilio Motori by motori.virgilio.it. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!