Sánchez reitera o compromisso da Espanha com a integridade da Ucrânia

EFE/Piscina Moncloa/Borja Puig de la Bellacasa

O Presidente do Governo, Pedro Sánchez, em contacto com dirigentes europeus para lidar com a crise na Ucrânia

O Presidente do Governo, Pedro Sánchez, conversou este domingo com o Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyensobre a “preparação e resposta” europeia à ameaça russa à Ucrânia, e ambos reiteraram que estão “unidos” no apoio à soberania e integridade territorial do país.

“Conversa importante com Pedro Sánchez sobre a situação atual na Ucrânia. Estamos unidos no apoio à soberania e integridade territorial da Ucrânia”, disse Von der Leyen em sua conta oficial no Twitter.

A chefe do Executivo Comunitário acrescentou em sua mensagem, que Sánchez retweetou, que “os intercâmbios constantes com os Estados membros e aliados da UE são essenciais para a preparação e resposta” a esta ameaça.

Esta conversa decorre na véspera da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia, esta segunda-feira, em Bruxelas, para debater este assunto num Conselho que contará também com a presença por videoconferência do secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Pisca.

Os Vinte e Sete já deixaram clara sua disposição de sancionar rapidamente Moscou se ela atacar seu vizinho novamente.

Também o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenbergfalou de unidade depois de falar neste domingo com o presidente espanhol sobre a Rússia e a Ucrânia, agradecendo-lhe o envio da fragata Blas de Lezo ao Mar Negro.

Em um tweet, Stoltenberg acrescentou que ele e Sánchez discutiram a Rússia e a Ucrânia, em um momento de grande tensão entre esses dois países e intensa atividade diplomática internacional para evitar um conflito armado.

“Apoiamos a soberania e a integridade territorial da Ucrânia e confiamos que a diplomacia e o diálogo serão o caminho para desescalar esta crise”, escreveu o Presidente do Governo espanhol na sua conta oficial no Twitter depois de falar com o secretário-geral do Atlântico Aliança.

Sánchez reiterou que “a Espanha está comprometida com a OTAN e a segurança da Europa”.

A Rússia, que deslocou cerca de 100.000 soldados na fronteira com a Ucrânia, anunciou exercícios militares iminentes na área, levando os Estados Unidos a alertar para a possibilidade de uma invasão da Ucrânia, enquanto a OTAN também está realizando exercícios militares em meio a uma escalada de tensão.


Source: HuffPost Spain for Athena2 by www.huffingtonpost.es.

*The article has been translated based on the content of HuffPost Spain for Athena2 by www.huffingtonpost.es. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!