Sempre tentei desenhar muitas experiências diferentes para o meu críquete, relembra Tim David após a estreia na Austrália


Tim David abriu sua jornada para sua estreia com a equipe australiana a caminho do Mundial T20, descrevendo suas experiências jogando por Cingapura e na liga Big Bash. Ele passou a expressar gratidão por sua família estar presente para o início de um novo capítulo em sua carreira.

O conto de fadas de Tim David é aquele que continua dando, já que o jogador de 26 anos finalmente fez sua estreia no T20I contra a Índia na abertura da série na terça-feira em Mohali. O explosivo polivalente desempenhou uma participação crucial em uma perseguição épica, embora seu papel fosse estranhamente restrito a um ataque rotativo, em vez de ser entusiasmado. Ele terminou com 18 corridas em 14 arremessos, ajudando a formar uma parceria de 62 corridas com Matthew Wade em apenas 30 bolas, enquanto os cangurus corriam para o total de 209 com quatro postigos de sobra.

Curiosamente, não foi o primeiro T20I de David no entanto, tendo representado seu país de nascimento de Cingapura 14 vezes anteriormente. O corpulento rebatedor da direita acumulou 558 corridas para eles com uma média brilhante de 46,50, mantendo uma taxa de acerto de 158,52, antes de mudar de base junto com sua família para Perth, na Austrália. Lá, ele fez sua estreia profissional em 2018 pelo Perth Scorchers na Grande Bash League antes de vir à tona com os furacões de Hobart dois anos depois.

“Sim. Eu realmente gosto de todo o tempo que joguei por Cingapura. Acho que minha última turnê foi para a Tailândia, literalmente quando o COVID estava surgindo em março de 2020. E desde então, acho que tive minhas oportunidades no críquete de franquia começando no Big Bash na Austrália e meio que crescendo a partir daí. Então, sim, boas lembranças, muitas experiências boas para construir e acho que são essas coisas que tentei trabalhar o tempo todo com meu críquete e desenhando muitas experiências diferentes”, disse ele ao India Today em uma entrevista coletiva.

A família de David estava presente no local para vê-lo fazer sua primeira aparição no amarelo da Austrália, considerando que as multidões de casa cheia são permitidas na Índia, em comparação com os rigorosos regulamentos COVID-19 na Austrália.

“Sim, felizmente, minha família viajou para estar lá, então foi muito bom. Joguei bastante no exterior e, obviamente, o Covid tem sido uma restrição para morar na Austrália para tentar assistir aos jogos. Então Eu meio que encorajei meus pais e família a vir sempre que quisessem. Então foi muito bom tê-los lá”, acrescentou David.

Espera-se que a estrela emergente entre em ação no segundo T20I em Nagpur na sexta-feira.


Source: SportsCafe.in by sportscafe.in.

*The article has been translated based on the content of SportsCafe.in by sportscafe.in. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!