Seu filho passa muito tempo jogando videogame? Aqui estão 5 dicas de um analista para se manter conectado


Ela / ele passa horas jogando, sozinho ou em uma rede. O conselho de William Buna, autor-psicólogo, para ficar no “jogo” com seu filho.

1 / Vá além do a priori

É muito importante se interessar por seus jogos para não ser negativo. Pode-se cair rapidamente em uma postura antiquada quando vale a pena saber por que ela está jogando tanto. Você tem que encontrar momentos para conversar um com o outro, para identificar do que eles gostam.

2 / Aproveite para observar

É importante sentar com ele e assistir ao jogo evitando julgamento e observações como “uma merda” ou “é tudo zumbis”. Um pai tem o direito de dizer que essa não é sua atividade favorita sem se posicionar como reacionário.

3 / Esteja realmente interessado

Se uma criança é apaixonada por um determinado jogo e os pais não sabem o que é, ela tenderá a pensar que não estamos interessados ​​nela. Esta pode ser a ocasião para mostrar interesse mesmo que sua paixão não seja a mesma.

4 / Evite qualquer quebra

Especialmente na adolescência, uma atitude positiva pode limitar colapsos, problemas de comunicação. Isso não significa que você é uma supermãe ou um superpai brincando por horas com seu filho. Às vezes, é bom para um pai perder o foco, não ser crítico o tempo todo.

5 / Prossiga para o ato da compra

Se ouvirmos nosso filho evocar tal e tal jogo várias vezes, podemos oferecê-lo a ele. Por outro lado, se o pai o acha violento, fica complicado. Devemos ceder e, assim, evitar marginalizá-lo? No caso de uma compra, ele deve ser lembrado que videogames não são vida mas algo virtual.

Leia também:

Carregando widget

Assine o Boletim Informativo Top Santé para receber as últimas notícias gratuitamente


Source: Topsante.com by www.topsante.com.

*The article has been translated based on the content of Topsante.com by www.topsante.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!